Ministério da Saúde diz que vacinas congeladas da Janssen podem ser usadas

Em nota, ministério diz que doses passaram por vistoria e foram aprovadas pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde

O Ministério da Saúde informou neste sábado que, após a realização de uma inspeção, o carregamento da vacina Janssen que foi enviado congelado para o Distrito Federal pode ser utilizado. Mais cedo, a Secretaria de Saúde do DF havia informado que as 40,1 mil doses do imunizante foram recebidos em temperatura abaixo da recomendada e que havia dúvidas sobre a sua utilização.

Em nota, o ministério disse que o lote "pode ser usado normalmente, de forma segura". No comunicado, porém, a pasta afirmou que apenas um lote com 2.880 doses da vacina da Janssen teria chegado congelado ao Distrito Federal. "O carregamento passou por vistoria e foi aprovado pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS), após a constatação de que a temperatura não influenciou a qualidade da vacina", diz o comunicado.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, a quantidade das vacinas congeladas representa 2,6% do total das 109,8 mil doses de vacinas da Janssen, Pfizer e AstraZeneca entregues entre sexta e sábado ao Distrito Federal. Mais cedo neste sábado, logo após a chegada do carregamento de vacinas em Brasília, a Secretaria de Saúde informou que os imunizantes da Janssen chegaram congelados após uma conferência das doses na Rede de Frio Central, quando foi constatado um armazenamento abaixo da temperatura de 2ºC.

A secretaria comunicou o Ministério da Saúde, que orientou a pasta a deixar toda a carga das vacinas em quarentena para, em seguida, realizar uma análise sobre a possibilidade de uso, ou não.

A vacina da Janssen, do grupo Johnson & Johnson, é aplicada em dose única. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial do imunizante da Janssen no Brasil em 31 de março de 2021.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também