Marinha assume responsabilidade por contratar lancha para Temer

De acordo com a nota, "a lancha de alta velocidade" foi necessária para uma "eventual evacuação em emergência" do presidente e familiares

Brasília - A Marinha distribuiu um nota oficial justificando que a "própria Força" e não a Presidência da República é quem contratou a lancha "Bem me quer" para fazer o transporte do presidente Michel Temer e seus familiares, durante os quatro dias de carnaval que passaram na Base Naval de Aratu, em Salvador, Bahia.

De acordo com a nota, "a lancha de alta velocidade" foi necessária para uma "eventual evacuação em emergência" e que foi uma "preocupação da Marinha enquanto o presidente estava em Aratu e pelo fato de todas as lanchas da Força estarem empregadas na Operação Verão".

A Marinha não cita nesta nota, mas o aluguel da lancha rápida só foi realizado para cumprir os "protocolos de segurança", uma exigência da Presidência da República em todas as viagens presidenciais.

Ou seja, se o presidente Michel Temer e sua família não tivessem ido para as instalações navais não teria sido necessário o aluguel da embarcação.

O aluguel da lancha custou R$ 24 mil. Apesar de a lancha ter sido contratada, sem licitação, para os quatro dias do carnaval, ela só foi utilizada na segunda-feira, dia 27, para um passeio feito pela primeira-dama, Marcela Temer, o filho, Michelzinho, de sete anos, e a sogra de Temer, Norma Tedeschi.

Ainda conforme informou a Marinha, foi usado o expediente de fazer a contratação da embarcação por meio do Departamento Regional do Abrigo do Marinheiro, uma associação sem fins lucrativos, em Salvador, "diante do tempo exíguo para a locação da lancha".

O Abrigo do Marinheiro, explicou ainda a Marinha, "adiantou o pagamento do aluguel da lancha, até que fosse elaborado um termo de justificativa de inexigibilidade de licitação (TGIL) para a quitação da despesa junto ao Abrigo do Marinheiro".

Para o aluguel da embarcação, lembrou a Força, "foram obtidos três orçamentos, optando-se pelo de menor valor".

Foi a primeira vez que Temer aproveitou um período de folga para ir à base naval de Aratu, que foi o destino da ex-presidente Dilma Rousseff nos carnavais de 2013, 2014 e 2015.

No ano-novo, Temer levou a família para a Restinga de Marambaia, outra unidade militar, esta no Rio de Janeiro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.