Lula deve viajar quinta-feira ao Uruguai

De acordo com a agenda divulgada pelo Instituto Lula, o petista retornará para São Bernardo do Campo, em São Paulo, na sexta-feira à tarde

São Paulo - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva viaja amanhã para Foz do Iguaçu, no Paraná, onde participa às 10h30 de encontro realizado pela hidrelétrica Itaipu Binacional.

De lá, o petista segue para Montevidéu, no Uruguai, onde cumprirá agenda até sexta-feira.

Na capital uruguaia, a agenda de Lula prevê que ele deverá participar, às 18h30 da quinta-feira, de um seminário sobre as experiências dos governos do PT e da Frente Ampla, ao lado do ex-presidente uruguaio e candidato à Presidência do país nas eleições deste ano, Tabaré Vásquez.

O evento vai ocorrer na Prefeitura de Montevidéu.

O ex-presidente deverá pernoitar na cidade uruguaia e, na sexta-feira, vai almoçar com o atual presidente do Uruguai, José Mujica, na residência presidencial.

De acordo com a agenda divulgada pelo Instituto Lula, o petista retornará para São Bernardo do Campo, em São Paulo, ainda na sexta-feira à tarde, após o almoço.

Especulações

A viagem de Lula acontece em meio a especulações de que a presidente Dilma Rousseff poderá anunciar o novo ministro da Fazenda até sexta-feira.

O Instituto Lula confirmou que o petista esteve reunido ontem com Dilma e outros ministros na residência oficial do Torto, onde ele morou durante o período em que o Palácio da Alvorada estava em reforma.

No encontro, eles teriam discutido sobre a reforma ministerial e os desdobramentos da Operação Lava Jato, segundo informações que circulam nos bastidores.

Com a viagem de Lula, há quem cogite que o nome do novo ministro poderia já ter sido escolhido no encontro de ontem, que durou dez horas, das quais o ex-presidente participou de quatro horas.

Os nomes mais cotados para a Fazenda são o do atual presidente do Banco Central, Alexandre Tombini; o do ex-presidente do BC Henrique Meirelles (que teria o apoio de Lula); o do ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda (2008-2010) Nelson Barbosa; e o do presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também