Brasil

Lula cobra ação da Vale sobre vítimas do rompimento de barragens em MG

A Vale está muito quietinha e ela sabe que tem que pagar, disse Lula

Lula: governo atual enfrenta muitos desafios em diversos setores (Ricardo Stuckert / PR/Divulgação)

Lula: governo atual enfrenta muitos desafios em diversos setores (Ricardo Stuckert / PR/Divulgação)

Agência Brasil
Agência Brasil

Agência de notícias

Publicado em 28 de junho de 2024 às 16h24.

Última atualização em 28 de junho de 2024 às 17h07.

Tudo sobreGoverno Lula
Saiba mais

Durante evento em Belo Horizonte nesta sexta-feira, 2, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva cobrou da mineradora Vale reparação pelos danos causados pelo rompimento de barragens em Brumadinho (MG), em 2019, e em Mariana (MG), em 2015.

“Conheço a Mina do Vale do Rio Doce. Quero visitar porque quero ver o estrago que a Vale fez na cidade de Brumadinho. Quero ver o que foi feito em Mariana. O estrago que fez no rio, se vai recuperar. A Vale está muito quietinha e ela sabe que tem que pagar”, disse Lula.

Mais cedo, em entrevista ao jornal mineiro O Tempo, Lula já havia criticado a mineradora. “Estou predisposto a negociar a dívida da Vale. Não com Minas Gerais. A dívida do povo da região, que foi solapada pelas barragens”.

“Aquele povo tem que receber as suas casas. Aquele povo tem que receber indenização. O rio tem que ser recuperado. E a Vale está lá, com o dinheiro aplicado, sem querer pagar. Vamos fazer acordo para que a Vale pague essa dívida e a gente zere os nossos problemas em Minas Gerais.”

“Cobrei do ministro [de Minas e Energia] Alexandre Silveira. Quero saber como está o acordo da Vale. Ele me disse que está 90% resolvido e que vai me apresentar na semana que vem ou na outra para a gente bater o martelo e fechar esse acordo.”

Acompanhe tudo sobre:Mariana (MG)Minas GeraisLuiz Inácio Lula da SilvaGoverno Lula

Mais de Brasil

Estiagem leva o Acre a decretar emergência ambiental

G20: Banco Mundial declara apoio à Aliança Global contra a Fome

Convidado para o PL, Tarcísio nega interesse em mudar partido: 'Estou confortável no Republicanos'

Pesquisa prefeito Rio: Paes tem 49% e Ramagem, 13%, diz Quaest

Mais na Exame