Brasil

Leilão do 5G começa com deságio de 800% e estreia de operadora

Com 15 empresas disputando as 4 faixas do leilão, expectativa é que a análise de lances prossiga até esta sexta, dia 5

Leilão do 5G começa com deságio de 800% e estreia de nova operadora (Getty Images/Getty Images)

Leilão do 5G começa com deságio de 800% e estreia de nova operadora (Getty Images/Getty Images)

CA

Carla Aranha

Publicado em 4 de novembro de 2021 às 15h26.

Última atualização em 5 de novembro de 2021 às 08h42.

O leilão da quinta geração de telefonia móvel, o 5G, começou um deságio de 805% em uma das faixas, de 700 MHz, dedicada ao 4G, e marcou a estreia de uma nova operadora, a Winity Telecom. A empresa, criada pelo fundo Pátria Investimentos, ofereceu 1,427 bilhão de reais pela frequência, concorrendo com a NK 108, que apresentou um lance de 333,3 milhões de reais e a VDF Tecnologia (318 milhões de reais).

A Winity deverá levar a internet a 31 mil quilômetros de rodovias federais a título de obrigações previstas no edital. Também integra o conjunto de contrapartidas à vencedora da disputa pela faixa de 700 MHz disponibilizar o 4G para 625 localidades do interior do país até 2025.

Com lances feitos por 15 empresas, o leilão deve continuar até sexta, dia 5, segundo o Ministério das Comunicações, que coordena a análise dos lances junto à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

 

Acompanhe tudo sobre:5GLeilõesTelefonia

Mais de Brasil

Roberto Jefferson paga R$ 40 mil à PF por conserto de viatura que atingiu com 42 tiros

Brasil inclui luta contra racismo pela 1ª vez na agenda do G20

AliExpress e Shopee antecipam data de taxação de compras de até US$ 50; veja quando passa a valer

PM impõe 100 anos de sigilo a processos disciplinares de Mello, candidato a vice de Nunes em SP

Mais na Exame