Irmão Lázaro, cantor e vereador de Salvador, morre de covid-19

Vereador eleito por Salvador tinha 54 anos e estava internado desde o mês passado. Lázaro foi deputado federal entre 2015 e 2018, era cantor gospel e ex-integrante do Olodum
 (Reprodução/Redes sociais/Reprodução)
(Reprodução/Redes sociais/Reprodução)
D
Da Redação

Publicado em 20/03/2021 às 13:26.

Última atualização em 20/03/2021 às 13:44.

O vereador Antonio Lázaro da Silva, conhecido como Irmão Lázaro, faleceu nessa sexta-feira, dia 19, em decorrência de complicações da covid-19. O vereador tinha 54 anos e estava internado em um hospital em Feira de Santana, no interior da Bahia, desde o mês passado.

A morte foi confirmada pela família do vereador, que também era cantor gospel e ex-integrante do Olodum. Lázaro foi internado no dia 22 de fevereiro, depois de apresentar febre e desconforto respiratório.

Irmão Lázaro era vereador de Salvador desde 2020, eleito pelo Partido Liberal (PL). Entre 2015 e 2018 ele foi deputado federal, representante da Bahia, e tentou uma vaga de senador pelo Partido Social Cristão (PSC), mas não foi eleito.

Na carreira política, Lázaro foi ainda secretário de Relações Institucionais de Salvador, durante o mandato de ACM Neto, do Democratas (DEM). O político era conhecido não só pela carreira política e musical, mas também pela atuação em projetos de recuperação de dependentes químicos.

A morte do vereador foi lamentada por ACM Neto, ex-prefeito de Salvador. O político democrata usou as redes sociais para se pronunciar sobre a perda de Irmão Lázaro.