Inspirada em NY, cidade de SP vai ter 40 pontos com mesas de bares na rua

De acordo com a prefeitura, projeto-piloto implementado em 2020 em quatro ruas do centro deu tão certo que será ampliado para outros locais da cidade

O projeto experimental da prefeitura de São Paulo que autorizou bares e restaurantes do centro da capital a usarem mesas e calçadas vai expandir para até 40 pontos na cidade. A partir do sábado, 13, a gestão municipal abre uma consulta para saber quais estabelecimentos querem o alvará com a expansão da capacidade. Só depois disso os locais serão definidos, mas pode ser em qualquer bairro.

A ideia é inspirada nas grandes cidade do mundo, como Nova York e Paris, e surgiu em agosto do ano passado. Foi implementada como um teste em quatro ruas. Atualmente 11 estabelecimentos usam o alvará especial. Assim como na época em que foi liberado o uso de ruas e calçadas, o objetivo é aumentar a capacidade dos bares e restaurantes, respeitando o limite atual da quarentena, que é de 40% na cidade que São Paulo.

De acordo com a prefeitura, é permitido ocupar uma faixa do estacionamento na rua de até 2,2 metros, a partir do meio-fio. Também é necessário deixar um espaço na calçada de 1,2 metro para a circulação de pedestres. O alvará especial vai ser concedido por 90 dias e não terá custo.

“O programa foi bem-sucedido. A ideia é fomentar a retomada das atividades de maneira organizada e segura. Depois da consulta serão regulamentadas quais serão essas ruas. Isso deve ocorrer nos próximos dias”, disse César Azevedo, secretário de Urbanismo e Licenciamento da cidade de São Paulo, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 12.

Ruas em que já é permitido o uso das vias públicas

Quarentena em vigor na cidade de SP

Restrições da fase amarela 

  • Capacidade de atendimento do comércio de rua e shoppings é de 40%. Podem abrir por no máximo 12 horas por dia, até as 22 horas
  • Restaurantes podem abrir com 40% da capacidade por 10 horas por dia, até as 22 horas. Venda de bebida alcoólica só é permitida até 20 horas
  • Bares podem abrir com 40% de capacidade, por 10 horas por dia, até as 20 horas
  • Salões de beleza podem funcionar por até 10 horas por dia
  • Academias podem abrir com 40% de capacidade, por 10 horas por dia, até 22 horas
  • Parques ficam abertos

 

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.