Quarentena em São Paulo: bares abrem e restaurantes têm horário ampliado

A mudança ocorre dois dias após o governo estadual autorizar a reabertura de restaurantes e shoppings aos finais de semana nas regiões que estão na fase 2 laranja

Poucos dias após o governo de São Paulo autorizar a reabertura de restaurantes e shoppings aos finais de semana, nesta sexta-feira, 5, o governador João Doria (PSDB) anunciou uma nova classificação da quarentena em todo estado. A maior parte da população, incluindo a Grande São Paulo, saiu da fase 2 laranja e vai para a 3 amarela, considerada intermediária, em que o comércio, restaurantes e shoppings podem abrir com 40% da capacidade, mas com horário de abertura ampliado para até 22 horas - antes era até 20 horas.

Nesta fase 3 amarela bares podem funcionar até 20 horas. As novas medidas começam a valer a partir de sábado, 6 de fevereiro.

As regiões da Baixada Santista, Registro, Campinas, Presidente Prudente e Araçatuba também foram colocadas na fase 3 amarela. Na fase 1 vermelha, a mais restrita, em que somente os serviços essenciais podem funcionar estão: Bauru, Araraquara e Franca. As regiões de Marília, São José do Rio Preto, Barretos, Ribeirão preto, São João da Boa Vista, Piracicaba, Sorocaba e Taubaté ficam na fase 2 laranja (veja as regras abaixo).

As duas mudanças aconteceram com intervalo muito curto porque a regra que tratava apenas do fim de semana foi adotada de forma extraordinária e valia para todo o estado, mesmo que uma região não estivesse em uma quarentena mais restrita.

O que foi avaliado nesta sexta-feira são os indicadores de taxa de ocupação de leitos de UTI, média de casos e de óbitos de covid-19 nas 17 regiões do estado de São Paulo. Também foram avaliadas as taxas de novos casos e novos óbitos a cada 100 mil habitantes.

 

Segundo dados da Secretaria estadual da Saúde, a média diária de novas internações em leitos de UTI e enfermaria em todo o estado era de 1.648 no dia 25 de janeiro, quando começaram as medidas mais restritas. Na quinta-feira 4, este número chegou em 1.514, uma queda de 8%. Quedas e aumentos de até 15% são considerados estabilidade, segundo especialistas em saúde. 

A taxa de ocupação de leitos de UTI no estado é de 67%. Quando as medidas de restrição foram determinadas, esta média estava em 70%.

Veja as regras da quarentena no estado de São Paulo

 (Governo de São Paulo/Divulgação)

Restrições da fase amarela 

  • Capacidade de atendimento do comércio de rua e shoppings é de 40%. Podem abrir por no máximo 12 horas por dia, até as 22 horas
  • Restaurantes podem abrir com 40% da capacidade por 10 horas por dia, até as 22 horas. Venda de bebida alcoólica só é permitida até 20 horas
  • Bares podem abrir com 40% de capacidade, por 10 horas por dia, até as 20 horas
  • Salões de beleza podem funcionar por até 10 horas por dia
  • Academias podem abrir com 40% de capacidade, por 10 horas por dia, até 22 horas
  • Parques ficam abertos

Restrições da fase laranja 

  • Capacidade de atendimento de comércio de rua, shoppings, salões de beleza e restaurantes é de 40%. Podem abrir por no máximo 8 horas por dia, até as 20 horas
  • Nas academias a capacidade máxima é de 40%
  • Bares são proibidos de ter atendimento presencial — apenas delivery é permitido
  • Os parques ficam abertos

Restrições da fase vermelha 

  • Apenas atividades essenciais podem funcionar, como supermercados, farmácias e postos de gasolina
  • Comércio, shoppings, academias, salões de beleza, bares e restaurantes precisam ficar fechados
  • Parques ficam fechados
De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.