Governo do RS: Leite lidera disputa com 40%; Onyx tem 30%, mostra pesquisa Ipec

Com a proximidade da eleição, o Ipec passou a divulgar os porcentuais das pesquisas em votos válidos, que correspondem à proporção de votos do candidato sobre o total de votos
Eduardo Leite: resultado do levantamento aponta para possibilidade de segundo turno entre o tucano e Lorenzoni. (Tiago Coelho/Bloomberg via Getty Images/Getty Images)
Eduardo Leite: resultado do levantamento aponta para possibilidade de segundo turno entre o tucano e Lorenzoni. (Tiago Coelho/Bloomberg via Getty Images/Getty Images)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 01/10/2022 às 10:16.

O ex-governador Eduardo Leite (PSDB) tem 40% dos votos válidos e lidera a disputa pelo governo do Rio Grande do Sul, segundo pesquisa Ipec divulgada nesta sexta-feira, 30. Em segundo lugar, aparece Onyx Lorenzoni (PL), com 30%. Edegar Pretto (PT) tem 20%.

O resultado do levantamento aponta para possibilidade de segundo turno entre Leite e Lorenzoni. Com a proximidade da eleição, o Ipec passou a divulgar os porcentuais das pesquisas em votos válidos, que correspondem à proporção de votos do candidato sobre o total de votos, excluídos os votos brancos, nulos e indecisos. O procedimento é o mesmo adotado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para divulgar os votos de um pleito.

Fique por dentro das principais notícias do Brasil e do mundo. Assine a EXAME

Luis Carlos Heinze (PP) aparece com 4%. Roberto Argenta (PSC), 2%. Carlos Messalla (PCB), Ricardo Jobim (Novo), Vicente Bogo (PSB) e Vieira da Cunha (PDT) têm 1% cada. Rejane de Oliveira (PSTU) não pontuou.

Nos votos totais, que incluem brancos, nulos e indecisos, Leite também lidera, com 36%. Lorenzoni tem 27% e Pretto, 18%. Brancos e nulos, 2%. Não sabe/Não respondeu, 7%.

No segundo turno, Leite venceria Lorenzoni por 50% a 37%, e desbancaria o candidato do PT por 52% a 30%. Em outro cenário, o ex-ministro do governo Bolsonaro derrotaria Preto por um placar de 44% a 36%.

Senado

O ex-governador gaúcho Olívio Dutra (PT) lidera a disputa para o Senado, com 36% dos votos válidos. Hamilton Mourão (Republicanos) tem 28% e aparece empatado tecnicamente com Ana Amélia Lemos (PSD), que soma 27%. Professor Nado (Avante) tem 2%. Fabiana Sanguiné (PSTU), Maristela Zanotto (PSC), Paulo Roberto da Rosa (DC) e Sanny Figueiredo (PSB) têm 1% cada.

A pesquisa ouviu 1.808 pessoas entre os dias 28 e 30 de setembro em 84 municípios. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, considerando nível de confiança de 95%. A pesquisa foi contratada pela RBS Participações S.A. e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-02778/2022 e no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número RS-04427/2022.