Governo de São Paulo autoriza a reabertura de parques temáticos

Medida é válida somente para aqueles ao ar livre. Para abrir, os estabelecimentos precisam ter capacidade máxima de 40%

O governo de São Paulo vai autorizar a volta das atividades de parque temáticos a partir do próximo dia 23 de setembro. Fechados desde março, a medida vai abranger apenas aqueles que são ao ar livre. Os estabelecimentos precisam cumprir uma série de medidas de segurança. A previsão inicial era de que este setor só reabriria em outubro.

De acordo com o secretário de Turismo do estado, Vinicius Lummertz, a reabertura era uma reivindicação dos empresários e o protocolo sanitário foi elaborado em conjunto com o Comitê de Saúde de combate à covid-19.

“Em 2019 o setor de turismo foi o maior gerador de empregos, segundo o Caged, e em 2020 muitos empregados foram dispensados. Aqui, recuperamos 26.000 postos de trabalho de forma direta e indireta, com uma retomada segura. É uma opção que substitui a viagem ao exterior e dá uma descentralização do turismo para ter esta opção de parque temático”, disse Lummertz em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 16.

Para abrir, os parques temáticos vão precisar cumprir algumas regras, como capacidade máxima de 40%, horário máximo de funcionamento de 8 horas por dia, medição da temperatura na entrada e a compra antecipada de ingresso. O uso de máscara será obrigatório.

 

No protocolo do Plano São Paulo diretriz que estabeleceu a quarentena todo o estado está na fase 3 amarela desde o dia 11 de setembro. Esta etapa é considerada intermediária em uma fase que vai de 1 a 5. Com isso, pela primeira vez desde o início da pandemia, o estado pode abrir comércio, bares, restaurantes, salões de beleza e academias.

São Paulo tem um total de 909.428 casos confirmados e 33.253 mortes causadas pela covid-19, segundo dados da Secretaria da Saúde divulgados nesta quarta-feira.

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Deseja assinar e ter acesso ilimitado?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.