Febraban recomenda que bancos isentem vítimas de temporais da cobrança de juros

Febraban recomenda ainda a suspensão do envio de títulos a cartório até que os municípios afetados consigam voltar à normalidade

Brasília - A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) recomendou hoje (13) que não sejam cobrados juros e outros encargos tributários em contas vencidas de moradores dos municípios atingidas pelos temporais dos últimos dias no país.

Em nota, a federação orienta aos bancos que procurem prefeituras, concessionárias de serviços públicos e empresas para formalizar a isenção para contas de água, luz, telefone, IPTU e ISS.

No caso de tributos federais e estaduais, como o IPVA, os bancos devem aguardar orientações dos órgãos responsáveis. A Febraban recomenda ainda a suspensão do envio de títulos a cartório até que os municípios afetados consigam voltar à normalidade.

Em caso de emergência, as agências bancárias também poderão fornecer cópias de documentos pessoais de seus arquivos, como carteira de identidade e CPF, aos clientes.

Os estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Espírito Santo enfrentam fortes chuvas desde o início do ano. No Rio de Janeiro, o mais atingido, 416 pessoas morreram na região serrana em deslizamentos de terra e desabamentos de casas provocados pelos temporais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.