A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Faculdades da USP terão mais autonomia para mudar cursos

Com a alteração das regras, a expectativa é que o prazo para modificação das graduações caia de dois anos para poucos meses

São Paulo - O Conselho Universitário da Universidade de São Paulo (USP) aprovou nessa terça-feira, 18, maior autonomia para a reformulação das graduações.

A ideia é facilitar ajustes nos currículos dos cursos, demanda antiga entre professores.

Pelo formato atual, qualquer mudança dependia de avaliação da Pró-Reitoria de Graduação.

Com a alteração das regras, a expectativa é que o prazo para modificação das graduações caia de dois anos para poucos meses.

"Qualquer alteração do curso dependia de pareceres da pró-reitoria", afirma Antônio Carlos Hernandes, pró-reitor de Graduação.

"Para a modernização da graduação, um passo importante era essa autonomia, para ganhar tempo", destaca.

A descentralização administrativa é uma das bandeiras da gestão do atual reitor, Marco Antonio Zago.

Neste ano, outra novidade tem sido a maior colaboração de cada unidade na construção do orçamento geral da USP para 2015.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também