Eleições: Kalil faz aliança com Lula após acordo em disputa pelo Senado

O ex-prefeito de Belo Horizonte postou um jingle que menciona a união dos dois: "Em Minas é Lula e Kalil"
 (Prefeitura de Belo Horizonte/Divulgação)
(Prefeitura de Belo Horizonte/Divulgação)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 20/05/2022 10:01 | Última atualização em 20/05/2022 10:01Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O pré-candidato ao governo de Minas Gerais pelo PSD, Alexandre Kalil, anunciou nesta quinta-feira, 19, uma aliança com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Estado. Em publicação nas redes sociais, o ex-prefeito de Belo Horizonte postou um jingle que menciona a união dos dois. "Em Minas é Lula e Kalil", escreveu o pré-candidato ao governo mineiro.

Como revelou o Estadão/Broadcast na quarta-feira, 18, o deputado federal Reginaldo Lopes (PT-MG) admitiu que poderia desistir de disputar o Senado em prol do acordo entre o PT e o PSD em Minas Gerais.

"Foi me dada a missão de coordenar a campanha e fechar a aliança de entregar a aliança Lula e Kalil em Minas", disse o deputado, que adicionou que pode sair como vice, que deve ser oferecido pelo PSD na chapa majoritária. A decisão abriu caminho para o PSD indicar Alexandre Silveira para a reeleição ao Senado em outubro deste ano.

VEJA TAMBÉM:

Lula tem 46% e Bolsonaro 39% em um segundo turno, diz pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA

Urna eletrônica não pode ser violada, conclui TSE após testes

Guedes diz ser contrário à reeleição, mas quer novo mandato de Bolsonaro

Região Sudeste concentra 61% dos LGBTs+ eleitos na última eleição

Aliados de Doria dizem que não aceitarão indicação de Tebet pela 3ª via

MP pede para PF investigar Moro por mudança de domicílio eleitoral