Dólar barato aumenta produtividade no Brasil

Economista do Itaú-Unibanco diz que a taxa de investimento privado cresce em períodos de valorização cambial

São Paulo - Apesar das críticas dos empresários, o câmbio valorizado tem aspectos positivos. Um deles é aumentar a taxa de investimento privado, ampliando a produtividade e o PIB potencial.

A análise é do economista do Itaú-Unibanco Darwin Dib, que participou nesta sexta-feira (15) do programa "Momento da Economia", na Rádio EXAME. "O empresário aproveita o dólar barato para importar máquinas."

Especialista em câmbio, Darwin Dib avalia que a valorização do real está ligada a fatores externos. "O Federal Reserve está numa nova rodada de emissão de dólares, que enfraquece a moeda americana no mundo inteiro. Nesse contexto, as medidas do governo brasileiro são paliativas, apenas minimizam o processo de apreciação."

Na entrevista, o economista do Itaú-Unibanco comenta a disputa entre Estados Unidos e China, e as perspectivas em torno da reunião do G-20, em novembro, na Coreia do Sul.
 

Clique na imagem para ouvir o programa "Momento da Economia" 

   

Leia mais notícias sobre Câmbio

Siga as últimas notícias de Economia no Twitter

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.