Dilma evita falar sobre novas denúncias no Esporte

Presidente da República desconversou, quando foi perguntada sobre as denúncias envolvendo o ministro Orlando Silva

Pretória, África do Sul - Antes de embarcar para Maputo (Moçambique), a presidente Dilma Rousseff evitou comentar as novas denúncias contra o ministro do Esporte, Orlando Silva. "Outra vez?", perguntou a presidente, assim que deixou a Casa de Hóspedes do governo sul-africano. Lembrada que existiam novas denúncias publicadas hoje no jornal O Estado de S.Paulo, a presidente desconversou. "Estou saindo de uma reunião, estou na porta do Palácio".

Manchete de hoje do jornal informa que o ministro Orlando Silva teria proposto um acordo de silencio ao PM João Dias Ferreira , autor da denúncia. Em entrevista exclusiva, Ferreira afirma que o ministro lhe propôs acordo para que o esquema de propina dentro do Ministério não fosse divulgado. Segundo a denúncia, os fornecedores do programa Segundo Tempo tinham de dar 20% para o partido do ministro, o PCdoB.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.