Brasil
Acompanhe:

Dilma: regulamentação do Cadastro Ambiental Rural sai na 2ª

O CAR permitirá dar início aos processos de recuperação ambiental rural previstos no novo Código Florestal


	O cadastro torna obrigatório que todas as propriedades e posses rurais do país façam parte do Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural
 (Roberto Stuckert Filho/PR)

O cadastro torna obrigatório que todas as propriedades e posses rurais do país façam parte do Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (Roberto Stuckert Filho/PR)

R
Reuters

Publicado em 3 de maio de 2014, 16h37.

A presidenta Dilma Rousseff anunciou neste sábado que na próxima segunda-feira será publicado decreto com as regras para implementar o Cadastro Ambiental Rural (CAR).

"O CAR permitirá dar início aos processos de recuperação ambiental rural previstos no novo Código Florestal", disse a presidenta na abertura da 80ª Expozebu, em Uberaba (MG), segundo a Agência Brasil.

Introduzido pelo novo Código Florestal, o cadastro torna obrigatório que todas as propriedades e posses rurais do país façam parte do Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (SiCAR).

"Todos os proprietários, a partir daí (publicação do decreto), terão um ano para aderir ao programa e regularizar a situação das áreas de uso restrito e reserva legal", disse Dilma, segundo a Agência Brasil.

Mais tarde, ao participar do lançamento da pedra fundamental da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados 5 da Petrobras, Dilma fez vigorosos elogios à empresa, em meio a denúncias de corrupção e prejuízos por negócios realizados.