Coutinho nega ter recebido pedido para entrega de cargo

O presidente do BNDES disse que não houve nenhuma orientação por parte da Casa Civil para que o terceiro escalão colocasse o cargo à disposição

São Paulo - O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, disse nesta quinta-feira, 13, que não houve nenhuma orientação por parte da Casa Civil para que o terceiro escalão colocasse o cargo à disposição, como teria supostamente ocorrido com os ministros do primeiro escalão.

"Sempre trabalhei com pressuposto de confiança", disse o dirigente do banco de fomento.

Quando questionado pelo Broadcast se deseja permanecer no cargo, Coutinho disse que não falaria sobre o assunto, dizendo apenas que pretende "continuar trabalhando tranquilamente".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.