Brasil tem 1.439 mortes por covid-19 em 24h, diz consórcio

No balanço atualizado nesta quinta-feira, 28, o país tem 221.676 óbitos e 9.060.786 casos confirmados da doença

O consórcio de veículos de imprensa divulgou um balanço nesta quinta-feira, 28, com os números da pandemia de covid-19 no Brasil, de acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde. O país tem 221.676 óbitos e 9.060.786 casos confirmados da doença.

O balanço, atualizado às 20 horas, mostra que no período de um dia foram registradas 1.439 vítimas e 60.301 testes reagentes para o coronavírus.

Os dados são compilados pelo consórcio de imprensa que reúne UOL, Folha de S.Paulo, O Estado de S. Paulo, O Globo, G1 e Extra.

A média móvel, que contabiliza o número de óbitos da última semana, é de 1.064. A média de casos é de 51.567.

O consórcio também contabiliza o número de pessoas vacinadas. Um total de 22 estados, mais o Distrito Federal, já vacinaram 1,5 milhão de pessoas. Quatro estados não divulgaram números.

SP vai reavaliar a quarentena na próxima semana

Desde o dia 25 de janeiro o estado de São Paulo está em uma fase mais restrita da quarentena em que bares, restaurantes e shoppings precisam fechar à noite e aos finais de semana. E o governo paulista definiu que vai reavaliar as medidas de restrição no dia 5 de fevereiro, sexta-feira da próxima semana. A nova quarentena vai entrar em vigor a partir do dia 8 de fevereiro.

Ainda não houve impacto significativo na diminuição na média de novos casos, mortes e internações por covid-19 em decorrência dessas restrições. Especialistas em saúde dizem que a resposta é percebida em até 14 dias, por conta do tempo de incubação do coronavírus.

Desde a última reclassificação da quarentena, a taxa de internações em UTI na Grande São Paulo caiu de 71% para 70%. A média diária de novas internações, considerando enfermaria e UTI, passou de 850 para 792. Em todo estado de São Paulo a taxa de ocupação está em 70%.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.