Prefeitura de São Paulo cancela Carnaval por falta de patrocinadores

Mais de 296 blocos estavam inscritos no evento Esquenta Carnaval 2022
Carnaval: Prefeitura de São Paulo não recebeu propostas de patrocínio de empresas privadas e cancelou o evento (NurPhoto / Colaborador/Getty Images)
Carnaval: Prefeitura de São Paulo não recebeu propostas de patrocínio de empresas privadas e cancelou o evento (NurPhoto / Colaborador/Getty Images)
D
Da Redação

Publicado em 07/07/2022 às 14:17.

Última atualização em 07/07/2022 às 14:30.

A Prefeitura de São Paulo confirmou nesta quinta-feira, 7, que o carnaval de rua de São Paulo, batizado de Esquenta Carnaval 2022, foi cancelado.

O motivo é a ausência de patrocinadores para o evento. O prefeito Ricardo Nunes (MDB) já havia informado que o carnaval fora de época não teria apoio da prefeitura -- era necessário participação das empresas privadas.

Foram realizados dois pregões em busca de financiamento para o evento, mas não houve interesse. Os lances mínimos eram de R$ 10 milhões e R$ 6 milhões, respectivamente.

O Esquenta Carnaval teria um desfile de blocos pela cidade no fim de semana de 16 e 17 de julho. Mais de 296 blocos estavam inscritos no evento, a maioria ainda sob análise da coordenação técnica.

O Carnaval 2023 será organizado pela Secretaria Municipal de Cultura.

LEIA TAMBÉM:

Sobe para 142 o número de casos de varíola dos macacos no Brasil

Senado aprova MP que libera empréstimo consignado a beneficiários do Auxílio Brasil