A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Câmara pedirá retirada de dois vetos, diz Chinaglia

O líder do governo na Câmara disse que a oposição concordou com a retirada pelo fato de os dois temas ainda não estarem trancando a pauta

Brasília - O líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia, afirmou nesta terça-feira, 20, que os deputados pedirão a exclusão de dois vetos da pauta da sessão do Congresso à noite. Segundo ele, o pedido de retirada do veto ao fim da multa adicional de 10% do FGTS paga pelas empresas sobre demissões sem justa causa e do veto a itens da Medida Provisória 610 será feito em nome de toda a Câmara.

Chinaglia disse que a oposição concordou com a retirada pelo fato de os dois temas ainda não estarem trancando a pauta. "Houve unanimidade. Será um apelo da Câmara", disse.

Ele reconheceu que o governo deve ser derrotado na votação de veto sobre a compensação a Estados e municípios por desonerações com tributos federais. "Minha avaliação é de que nós não teremos condições de reverter a maioria, que parece consolidada na Câmara, pela derrubada do veto". Ele reiterou que, caso se confirme a derrota, o governo deve recorrer ao Judiciário.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também