A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Câmara cancela atividades devido a protesto

Há duas semanas, os líderes partidários anunciaram que começariam a debater medidas para restringir o acesso de pessoas às dependências da Casa

Brasília - Pelo segundo dia consecutivo, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara teve que suspender os trabalhos devido a protestos pela retirada de pauta do o projeto de lei que regulamenta o trabalho terceirizado (PL 4.330/04).

Neste momento, o presidente da CCJ, deputado Décio Lima (PT-SC), e alguns membros do colegiado, estão reunidos com o presidente da Casa, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para discutir o problema.

Segundo o presidente da Câmara, na reunião serão debatidas medidas para evitar que esses episódios voltem a ocorrer. Há duas semanas, os líderes partidários anunciaram que começariam a debater medidas para restringir o acesso de pessoas às dependências da Casa.

Para evitar tumultos, Henrique Alves sugeriu que o debate sobre o projeto de lei que regulamenta a terceirização ocorra na próxima semana, a fim de se buscar um acordo entre as centrais sindicais e empregadores.

Ontem (3), sindicalistas ligados à Central Única dos Trabalhadores (CUT), contrários ao projeto, entraram em confronto com as polícias Legislativa e Militar. Parte do grupo que não conseguiu ter acesso à CCJ forçou a entrada e teve que ser contida pela polícia.

Dentro da CCJ, a discussão entre representantes da CUT e manifestantes favoráveis ao projeto inviabilizou os trabalhos da comissão. Com isso, o presidente Décio Lima cancelou a reunião.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também