Bruno Covas, prefeito de São Paulo, está com covid-19

Prefeito de São Paulo não apresentou sintomas do vírus, segundo informou assessoria de imprensa
O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (Rovena Rosa/Agência Brasil)
O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (Rovena Rosa/Agência Brasil)
J
Janaína Ribeiro

Publicado em 13/06/2020 às 20:14.

Última atualização em 13/06/2020 às 20:57.

O prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), informou via assessoria de imprensa na tarde deste sábado, 13 de junho, que testou positivo para a covid-19.

Segundo informação do seu gabinete, o diagnóstico veio depois de um exame de rotina.  O prefeito passa bem, não apresenta sintomas e recebeu recomendação do seu médico, David Uip, para permanecer trabalhando de casa. Covas ficara em observação médica pelos próximos dias.

Covas faz tratamento contra um câncer na cárdia, localizado entre o estômago e o esôfago. Ele já passou por pelo menos oito sessões de quimioterapia, que segundo seus médicos, não foram suficientes para combater a doença. No último boletim médico divulgado pela equipe do hospital Sírio Libanês, será necessário que Covas continue com o tratamento de imunoterapia, já que ainda existe o câncer nos linfonodos.

Atualmente, a cidade não tem um vice-prefeito (pois Covas era vice de Doria e assumiu a prefeitura quando o atual governador deixou o cargo para concorrer à eleição). Se Covas tiver de se afastar do cargo, quem assume o comando da prefeitura é o presidente da Câmara, Eduardo Tuma (PSDB).

Através de seu perfil em uma rede-social, Covas falou sobre o diagnóstico: “Depois de quatro resultados negativos, hoje, infelizmente testei positivo para o coronavírus. A orientação do meu médico, já que eu não tenho nenhum sintoma, é ficar dentro de casa. Não há nenhuma necessidade de me licenciar do cargo de prefeito. Vou continuar a me reunir de forma online através da internet. Vou poder trabalhar, mas dentro de casa. A expectativa é que eu fique aqui pelos próximos 10 dias. Qualquer novidade eu aviso vocês.”