A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Bolsonaro diz que caminhoneiros prometem encerrar protesto

O presidente disse ter agradecido aos caminhoneiros pelo movimento iniciado após os atos convocados para o feriado do Dia da Independência

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que os caminhoneiros devem manter as paralisações em estradas do país até domingo, e disse que os alertou em conversa mais cedo que a continuidade do movimento além desse dia começará a provocar "problemas seríssimos" de desabastecimento.

Bolsonaro disse ter agradecido aos caminhoneiros pelo movimento iniciado após os atos convocados pelo presidente para o feriado do Dia da Independência, e considerou "fantástico" o que tem sido feito por eles.

Os protestos dos caminhoneiros, aliados do governo, ganharam força um dia depois das manifestações do 7 de Setembro. Em Brasília, o ato patrocinado pelo presidente foi marcado por presença significativa de caminhões na Esplanada dos Ministérios. Cerca de 40 ainda permaneciam na Esplanada na manhã desta quinta e recusavam-se a sair, apesar das negociações com a Polícia Militar local. Durante a noite houve momentos de tensão, com o grupo fazendo buzinaços na madrugada.

Para além das pautas colocadas pelo próprio presidente no 7 de Setembro, quando Bolsonaro subiu o tom dos ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ameaçou a corte com uma ruptura, os caminhoneiros demandam a queda do preço dos combustíveis.

De acordo com boletim divulgado pelo Ministério da Infraestrutura, os protestos iniciados por caminhoneiros na quarta-feira aconteciam em 13 Estados do país na tarde desta quinta, mas não havia registros de interdição de pista, após reunião de Bolsonaro com representantes da categoria.

  • Fique por dentro das principais notícias do Brasil e do mundo. Assine a EXAME

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também