Brasil

Banco passa a financiar aparelhos para deficientes físicos

A linha BB Crédito Acessibilidade financiará de aparelhos auditivos a elevadores adaptados para domicílios


	Cadeirante entra em ônibus: a linha de crédito cobra taxa de juros de 0,57% ao mês para quem recebe até cinco salários mínimos 
 (Daniel Nunes)

Cadeirante entra em ônibus: a linha de crédito cobra taxa de juros de 0,57% ao mês para quem recebe até cinco salários mínimos  (Daniel Nunes)

DR

Da Redação

Publicado em 31 de outubro de 2012 às 10h44.

Brasília - Aparelhos auditivos, órteses, próteses e elevadores adaptados para domicílios serão financiados pela linha BB Crédito Acessibilidade. Segundo informou hoje (31) o Banco do Brasil (BB), a inclusão desses produtos “tem por objetivo viabilizar de forma plena o acesso das pessoas com deficiência aos equipamentos e serviços de tecnologia assistiva”.

De acordo com o banco, a lista de bens financiáveis está de acordo com portaria publicada no Diário Oficial da União, no último dia 25.

A linha BB Crédito Acessibilidade cobra taxa de juros de 0,57% ao mês para quem recebe até cinco salários mínimos ou 0,64% mensais para aqueles que têm renda de cinco a 10 salários mínimos. O financiamento pode ser de até 100% do valor do bem ou serviço, com limite de R$ 30 mil por pessoa e prestações debitadas diretamente na conta corrente. O prazo é de quatro a 60 meses e a primeira prestação pode ser paga em até 59 dias.

Acompanhe tudo sobre:aplicacoes-financeirasBancosBB – Banco do BrasilEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasfinanciamentos-pessoaisPessoas com deficiência

Mais de Brasil

Eleições municipais: 101 deputados e 2 senadores são pré-candidatos a prefeito; veja lista

AGU pede que governo de Minas Gerais volte a pagar dívida de R$ 160 bilhões com a União

Em SC, chuvas elevam rio que corta Blumenau em 6 metros e município entra em estado de alerta

Governo federal vai transferir recursos para reforma de escolas no RS

Mais na Exame