Acompanhe:

"Aguardemos a Justiça", diz Dilma sobre julgamento do TSE

Sobre um possível afastamento do presidente Michel Temer da Presidência, ela também respondeu: "aguardemos a Justiça"

Modo escuro

Continua após a publicidade
Dilma: "Difícil para todo mundo", respondeu sobre como estaria a vida (Dilma Rousseff/Divulgação)

Dilma: "Difícil para todo mundo", respondeu sobre como estaria a vida (Dilma Rousseff/Divulgação)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 5 de junho de 2017 às, 22h35.

Última atualização em 5 de junho de 2017 às, 22h36.

São Paulo - Um dia antes do julgamento da chapa presidencial de 2014 que pode levar à cassação de seus direitos políticos, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a ex-presidente cassada Dilma Rousseff (PT) participa da abertura do 3.º Salão do Livro Político, no teatro Tuca, realizado nesta noite, 5, na PUC-SP. Sua palestra é sobre Estado de exceção.

Na chegada do evento, Dilma foi questionada sobre o julgamento do TSE. Ela se limitou a responder: "Aguardemos a Justiça".

Sobre um possível afastamento do presidente Michel Temer da Presidência, ela também respondeu: "aguardemos a Justiça".

Ainda questionada sobre os próprios direitos políticos, que podem ser cassados na sessão de julgamento no TSE, ela voltou a dizer: "aguardemos a Justiça".

Ao ser perguntada sobre como estaria a vida, Dilma respondeu: "Difícil para todo mundo".

Últimas Notícias

Ver mais
TSE multa Haddad por impulsionar busca usando nome de adversário na campanha de 2022
Brasil

TSE multa Haddad por impulsionar busca usando nome de adversário na campanha de 2022

Há 2 dias

TSE determina que plataformas removam conteúdo eleitoral 'sabidamente inverídico'
Brasil

TSE determina que plataformas removam conteúdo eleitoral 'sabidamente inverídico'

Há 3 dias

TSE aprova distribuição proporcional de verba e tempo de rádio e TV para candidaturas indígenas
Brasil

TSE aprova distribuição proporcional de verba e tempo de rádio e TV para candidaturas indígenas

Há 3 dias

TSE proíbe 'deepfake' e determina que uso de IA em campanhas precisa ter aviso explícito
Brasil

TSE proíbe 'deepfake' e determina que uso de IA em campanhas precisa ter aviso explícito

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais