A partir do dia 1º, quem estiver sem máscara em SP pagará multa de R$ 500

Estabelecimentos comerciais também serão multado em 5 mil reais para cada pessoa que estiver sem máscara

Quem estiver sem máscara em qualquer espaço público do estado de São Paulo vai ser multado em 500 reais a partir desta quarta-feira, 1º de julho. O anúncio foi feito pelo governador João Doria (PSDB) nesta segunda-feira, 29.

A fiscalização será feita pela Vigilância Sanitária do estado e dos municípios e poderá ter o apoio da Polícia Militar ou da Guarda Municipal.

“Não é cabível diante da pandemia que as pessoas não estejam conscientes da exigência do uso da máscara em ambientes públicos e comerciais. As normas serão publicadas em Diário Oficial. O objetivo não é arrecadatório, nem punitivo, ele é de alertar a população”, disse Doria em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

No transporte público, tanto municipal quanto intermunicipal, o uso de máscara já é obrigatório.

Além da multa para as pessoas físicas, estabelecimentos comerciais também serão punidos. O valor é mais pesado, de 5 mil reais, referente a cada pessoa que estiver sem máscara.

Segundo o governo, 97% das pessoas usa máscara em ambientes públicos na capital paulista. Em todo o estado este número cai para 93%.

De acordo com o Doria, todo o dinheiro arrecadado será destinado integralmente para o programa Alimento Solidário, que distribui cestas básicas a pessoas em extrema pobreza.

Em maio, o governo do estado publicou um decreto tornando obrigatório o uso obrigatório de máscara em espaços públicos. Na primeira norma, previa uma multa de R$ 276 a R$ 276 mil para quem descumprisse a regra, além de detenção por até um ano. Mas a regulamentação de como seria a fiscalização ficou sob responsabilidade das prefeituras.

Segundo Maria Cristina Megid, diretora técnica da Secretaria da Saúde, a diferença entre as duas normas é que agora há uma “articulação entre estado e municípios para ampliar a fiscalização”.

Covid-19 em São Paulo

São Paulo tem 275.145 casos confirmados e 14.398 mortes causadas pela covid-19. Os dados foram divulgados pela Secretaria da Saúde, nesta segunda-feira. Em 24 horas foram mais 60 óbitos e 3.408 novas infecções pelo SARS-CoV-2.

De acordo com o boletim, foram registrados 144 óbitos a menos pelo coronavírus na última semana, encerrada no domingo, 28, em relação à semana anterior. Entre os dias 22 e 26 foram 1.734 mortes pela doença no estado.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.