A página inicial está de cara nova Experimentar close button

TV japonesa apresentará imagens em 8K de extrema qualidade

A NHK apresentará pela primeira vez na Europa cenas filmadas em formato de ultradefinição 8K, mas com o dobro de imagens por segundo

Tóquio - A televisão pública japonesa NHK apresentará pela primeira vez na Europa cenas filmadas em formato de ultradefinição 8K, mas com o dobro de imagens por segundo.

A qualidade 8K, com uma resolução 16 vezes superior à atual alta definição, é de um realismo inédito.

A NHK conseguiu desenvolver uma pequena câmera cúbica capaz de gravar uma cena em uma frequência de 120 Hz, ou seja, 120 frames por segundo, o dobro do ritmo realizado até agora.

Assim são obtidas cenas extremamente nítidas.

Esta técnica é ideal para registrar eventos esportivos. A NHK a testou recentemente no Mundial do Brasil e as imagens serão exibidas no Salão IBC de Amsterdã, entre 12 e 16 de setembro.

Esta será a primeira apresentação pública mundial deste formato de altíssima qualidade. Até agora, os vídeos 8K já vistos tinham uma frequência de 60 Hz.

O formato 8K, que não está disponível no mercado, corresponde a uma imagem de 4.320 linhas horizontais de 7.680 pontos cada uma, ou seja, 33 milhões de pixels, 16 vezes mais que a atual alta definição.

Este sinal de vídeo é acompanhado por um som repartido em um total de 24 canais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também