Tecnologia

São Paulo tem aplicativo para emissão de notas fiscais

O serviço, disponível desde o início deste ano, deve beneficiar empresários, profissionais liberais e autônomos, informa a Prefeitura de São Paulo

Por ora, o aplicativo está disponível apenas aos aparelhos equipados com o sistema operacional Android (Justin Sullivan/Getty Images)

Por ora, o aplicativo está disponível apenas aos aparelhos equipados com o sistema operacional Android (Justin Sullivan/Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 23 de janeiro de 2012 às 16h42.

São Paulo - Empresas sediadas na capital paulista já podem acessar o sistema de emissão, cancelamento, consulta e recebimento de notas fiscais eletrônicas pelo celular ou tablet. O serviço, disponível desde o início deste ano, deve beneficiar empresários, profissionais liberais e autônomos, informa a Prefeitura de São Paulo.

Por ora, o aplicativo está disponível apenas aos aparelhos equipados com o sistema operacional Android, mas o município já planeja disponibilizar uma versão para dispositivos Apple, que usam o sistema iOS.

Enquanto a emissão de notas fiscais eletrônicas segue trâmite semelhante ao do processo feito no site da Secretaria da Fazenda, no recebimento do documento via dispositivo móvel, o tomador de serviços pode receber o documento por e-mail ou SMS. O aplicativo também permite a consulta de créditos da Nota Fiscal Paulistana.

Outro recurso do aplicativo é o fato de disponibilizar contatos de mais de 310 mil prestadores de serviços cadastrados no Programa. A consulta pode ser feita por nome, bairro, localidade e distância. “Este localizador aponta os estabelecimentos por ramo de atividade, calcula as rotas para os prestadores mais próximos, a pé e de carro, refaz as trajetórias de acordo com alteração do ponto de partida e apresenta a localização no mapa, com o georreferenciamento do estabelecimento”, informa a Prefeitura de São Paulo.

Em dezembro, o órgão já havia lançado uma versão de site móvel, com recursos semelhantes aos do aplicativo, para celular.

Acompanhe tudo sobre:Celularescidades-brasileirasIndústria eletroeletrônicaMetrópoles globaisNota Fiscal Paulistasao-pauloTablets

Mais de Tecnologia

CEO do Spotify confirma que assinatura "deluxe" com áudio de alta fidelidade chegará em breve

CrowdStrike: o bug em mecanismo de segurança que causou o apagão cibernético

Apple TV+ faz em um mês audiência que a Netflix faz em um dia

Alphabet registra lucro líquido de US$ 23,6 bilhões no segundo trimestre de 2024

Mais na Exame