Por dentro da casa mais (naturalmente) fresca de Seattle

Embora o surgimento dos sistemas de refrigeração tenha representado um grande ganho de conforto para a vida entre quatro paredes, o próximo passo pode ser eliminá-los
Park Passive, Seattle (©Aaron Leitz)
Park Passive, Seattle (©Aaron Leitz)
V
Vanessa BarbosaPublicado em 09/01/2014 às 14:39.

São Paulo - Faça frio ou calor, dentro desta casa na cidade de Seattle, em Washington, EUA, o clima é sempre agradável. E não é por causa de aparelhos como ar-condicionado ou aquecedor (que foram eliminados do projeto), mas por se tratar de uma casa construída segundo padrões sustentáveis e extremante eficiente no consumo de energia.

Chamada de Park Passive, a residência é a primeira "casa passiva" da cidade. Projetada pela firma de arquitetura NK Architects, ela usa 80% menos energia do que outras residências erguidas segundo padrões convencionais.

Vasta iluminação natural, um sistema de isolamento térmico de alta performance e tecnologias eficientes de sombreamento e controle de luz desempenham um papel fundamental na manutenção do clima naturalmente fresco e na redução do consumo de energia da casa. Com 250 metros quadrados, a residência tem quatro quartos e três banheiros.

Veja também: 11 incríveis construções verdes de 2013