Tecnologia
Acompanhe:

Oi lança serviço corporativo de computação em nuvem

O Oi Smart Cloud representa uma 'nova estratégia de atuação' no mercado direcionado às empresas

De acordo com dados da empresa de consultoria IDC,  o mercado brasileiro de computação em nuvem movimentará R$ 1 bilhão até 2014, com aumento anual de quase 70% (Stock Exchange)

De acordo com dados da empresa de consultoria IDC, o mercado brasileiro de computação em nuvem movimentará R$ 1 bilhão até 2014, com aumento anual de quase 70% (Stock Exchange)

D
Da Redação

1 de fevereiro de 2012, 13h37

São Paulo - A operadora de telefonia Oi anunciou nesta quarta-feira o lançamento do serviço de computação em nuvem destinado ao segmento corporativo, o que significa uma 'nova estratégia de atuação' no mercado direcionado às empresas.

'O país vive um crescimento econômico sustentado e é natural que a demanda por (computação) nuvem cresça. É importante ressaltar que uma operadora de telecomunicações como a Oi tenha vantagens significativas para oferecer o serviço, já que conta com rede própria e centros de dados de alto nível', disse o diretor da unidade de negócios corporativos da empresa, Mauricio Vergani.

Conforme o comunicado, a Oi é a primeira companhia de grande porte no país a lançar o serviço, o Oi Smart Cloud, que representa a infraestrutura para o processamento e armazenamento de informação com garantia de segurança para os clientes.

O novo serviço oferecido 'marca uma nova estratégia da atuação da Oi no segmento, que inclui a evolução no pacote de produtos de TIC (tecnologia da informação e comunicação) e novo posicionamento comercial', acrescentou a nota.

A Oi detalhou que vai cobrar pelo serviço de acordo com o consumo, como funciona habitualmente nas contas de telefone.

De acordo com dados da empresa de consultoria IDC, citados pela Oi, o mercado brasileiro de computação em nuvem movimentará R$ 1 bilhão até 2014, com aumento anual de quase 70%.