Nintendo ampliará jogos e serviços do Wii U

A empresa espera vender até 5,5 milhões de consoles do Wii U até 31 de março de 2013, quando chega ao fim o ano fiscal no Japão

Tóquio - A Nintendo ampliará seu catálogo de jogos e serviços para manter, durante a temporada natalina, o bom início do seu novo console, o Wii U, detalhou nesta terça-feira o presidente da companhia, Satoru Iwata, em uma entrevista ao diário japonês "Nikkei".

O novo dispositivo da Nintendo, lançado nos Estados Unidos em 18 de novembro e que vendeu 400 mil unidades em apenas uma semana, teve todas as suas reservas praticamente esgotadas na Europa e no Japão, mercados que o receberão em 30 de novembro e 8 de dezembro, respectivamente.

A Nintendo espera vender até 5,5 milhões de consoles do Wii U até 31 de março de 2013, quando chega ao fim o ano fiscal no Japão.

A companhia lançou seu novo console, o primeira da oitava geração de videogames domésticos, com um catálogo de 29 títulos no mercado americano e 11 no japonês, que terá 15 jogos mais no final do ano, embora a intenção da Nintendo seja "ampliar muito mais essa gama", segundo Iwata.

O Wii U conta com a capacidade de reproduzir gráficos em alta definição e com uma resolução em 1080p, embora o elemento mais inovador seja seu comando, dotado de uma tela de 6,2 polegadas para enriquecer e ampliar a experiência do jogador.


Além disso, o novo dispositivo pode conectar-se à internet para acessar o universo MiiVerse, no qual um avatar do usuário poderá encontrar as opções de multijogador e unirá jogadores de todo o mundo em um espaço no qual poderão compartilhar suas experiências.

Esses comentários dos usuários podem ser vistos não só através do Wii U, mas também "por meio de computadores pessoais e smartphones", com o que será possível estar conectado quase em todos os momentos, detalhou Iwata.

Além disso, antecipou o presidente da gigante dos videogames, "em um ano criaremos um sistema no qual o usuário poderá comprar os jogos online e ver que o jogo já se encontra instalado no Wii U quando chegar em casa".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.