Mulher dá à luz após uso de tecido congelado na infância

Mulher se tornou a primeira do mundo a dar à luz uma criança saudável após médicos restaurarem sua fertilidade com tecido ovariano removido na infância

Londres - Uma mulher congolesa-belga se tornou a primeira no mundo a dar à luz uma criança saudável depois que os médicos restauraram sua fertilidade por meio de um transplante de tecido ovariano que foi removido e congelado quando ela era uma criança.

A mulher, que foi diagnosticada com anemia falciforme quando tinha cinco anos e emigrou à Bélgica aos 11 anos, precisava de um transplante de medula óssea para tratar a sua condição falciforme, um procedimento que requer quimioterapia primeiro.

Pensando no potencial de ter uma família no futuro, os médicos belgas decidiram, antes de iniciar o tratamento, remover o ovário direito da paciente quando ela tinha 13 anos e 11 meses de idade e congelar fragmentos de tecido.

Ao relatar o sucesso na revista científica Human Reproduction, os médicos belgas disseram que o caso aponta para um futuro onde as crianças com doenças graves como o câncer poderão encontrar uma maneira de ter bebês muitos anos depois.

"Este é um importante avanço porque as crianças são os pacientes que são mais suscetíveis a se beneficiar... no futuro", disse a ginecologista e pesquisadora associada no Erasme Hospital da Bélgica, Isabelle Demeestere.

"Quando são diagnosticadas com doenças que requerem tratamento que pode destruir a função ovariana, o congelamento de tecido ovariano é a única opção... para preservar a sua fertilidade."

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.