Impostos sobre smartphones vão cair neste mês, diz ministro

O projeto foi atrasado por conta de um questionamento do TCU e da demora da votação do Orçamento no Congresso

São Paulo - O ministro da Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou nesta terça-feira que a desoneração dos smartphones deve ocorrer durante este mês. "Para termos smartphones na Páscoa", acrescentou. Bernardo afirmou que o atraso aconteceu por causa do Tribunal de Contas da União (TCU), que questionou o projeto em dezembro. Neste ano, houve demora em razão da votação do Orçamento.

Ainda de acordo com Bernardo, a presidente Dilma Rousseff tem cobrado, enfaticamente, que as obras de infraestrutura para as telecomunicações recebam o mesmo tratamento dado a outras áreas, como o transporte. Ele falou após reunião com o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), e os representantes da Oi, Vivo, TIM e Claro para debater a instalação de antenas de telefonia na cidade.

4G

Independentemente das dificuldades para instalar a infraestrutura, a rede 4G deve começar a funcionar em 30 de abril nas seis cidades que sediarão a Copa das Confederações, disse Bernardo. Segundo o ministro das Comunicações, "as empresas não poderão se basear nas dificuldades de instalação da estrutura para deixar de oferecer o serviço". Bernardo acrescentou que as companhias se comprometeram em contrato.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.