Microsoft demite apresentadora do Xbox News após ameaças e assédio

No Twitter, Isadora Basile anunciou a demissão nesta sexta-feira, após ter recebido mensagens de ódio

A Microsoft demitiu a única mulher apresentadora do Xbox News, Isadora Basile. Pouco mais de um mês após conquistar a vaga, a criadora de conteúdo digital anunciou o desligamento hoje, pelo Twitter. O caso ganhou repercussão mundial na comunidade de games.

“Sofri ataques de todos os tipos (…) até ameaças de estupro, morte e julgamentos. Devido a todos esses ataques, a Microsoft encontrou como melhor opção me desligar para que eu não esteja mais exposta a situações como essas”, afirmou.

Basile cria conteúdo digital sobre games há pelo menos três anos e relata que as postagens de ódio e o assédio sempre estiveram presentes em seu dia a dia profissional.

“É algo presente desde que comecei e não está restrito só ao ambiente virtual, ainda que em menor grau do que quem me apoia. Mesmo no início, quando ainda era menor de idade, alguns convites para ‘reuniões’ na hora do jantar vinham de pessoas responsáveis por marcas potencialmente interessadas no meu trabalho. Não foi algo que vivi com essa marca, com a qual tive um relacionamento profissional e muito apoio durante todo o tempo”, afirma Basile à EXAME.

Basile não é a única a sofrer esse tipo de ataque. Um estudo realizado pela ONG Plan International em 22 países mostra que, em média, 58% das entrevistadas sofreram algum tipo de assédio virtual. No Brasil, esse número é bem maior, de 77%, segundo os dados.

E como lidar com esses ataques? Para Basile, é necessário ter consciência de quem você é, além de contar com uma rede de apoio ampla e acolhedora. “Conto muito com o apoio da minha mãe, do meu namorado… Ainda assim, é complicado quando alguma ameaça ou alguma postagem mais grave chega. Nesses momentos, foco em mim e penso que isso é só uma minoria e que, no futuro, todo o meu trabalho vai valer a pena”.

Procurada, a Microsoft foi questionada dos motivos que a levaram à demissão da criadora de conteúdo, mas, até à publicação desta reportagem, a empresa americana não se pronunciou.

Às 22h, a empresa se pronunciou por meio da conta do Xbox Brasil no instagram, afirmando que fez algumas mudanças na estratégia de conteúdo original no Brasil, resultando em menos canais. “Agradecemos a Isadora Basile e a talentosa equipe da agência por sua criatividade e contribuição ao Xbox News. O canal Xbox BR continuará experimentando novas maneiras de entreter os gamers brasileiros”.

 

*Matéria atualizada às 22h07

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.