Tecnologia
Acompanhe:
Apresentado por ADYEN

Lojas abraçam a tática de estoque infinito para oferecer melhor experiência de compra

Para não deixar nenhum consumidor insatisfeito, lojas físicas usam a solução de prateleira infinita para integrar estoque de lojas físicas e virtuais. O cliente recebe o produto em casa

 (Adyen/Divulgação)

(Adyen/Divulgação)

e
exame.solutions

Publicado em 19 de dezembro de 2022, 10h30.

Última atualização em 19 de dezembro de 2022, 15h32.

Depois de dois anos de aceleração na transformação digital do varejo, as lojas físicas estão retomando seu papel na jornada de compra dos clientes. Em março deste ano, as vendas no varejo físico alcançaram uma alta acumulada de 42% em relação a março de 2020. Enquanto isso, no mesmo período, o e-commerce saltou mais de 21%, segundo a pesquisa Mastercard SpendingPulse™.

Nessa volta ao universo físico, o Relatório do Varejo 2022 da Adyen/KPMG percebeu que o consumidor brasileiro está bem mais exigente do que antes: 77% dos clientes esperam que as lojas físicas ofereçam, além de bons produtos, boas experiências de compra. E 70% afirmam que deixariam de comprar novamente de uma marca em caso de experiências negativas. Ou seja: o varejo precisa não só agradar como também fazer isso consistentemente, para não perder a venda – e o cliente – para a concorrência.

O que é prateleira infinita?

Proporcionar essa boa experiência de compra requer que o varejista invista em um bom retail design, ofereça a maior gama possível de formas de pagamento e elimine todos os atritos do processo de compra. Nesse sentido, a solução de comércio unificado e seus recursos, como a prateleira infinita, são grandes aliados. Agora disponível pela Adyen na Adobe Commerce ─ solução da Adobe Experience Cloud ─, graças a uma parceria entre as empresas, a prateleira infinita integra a loja física ao estoque da loja virtual, permitindo que o cliente realize a compra mesmo que a loja física não tenha o produto em estoque naquele momento.

“Com a prateleira infinita, aquele cliente que vai à loja física e não encontra um produto específico pode, ali mesmo, finalizar uma compra através de um tablet e receber o produto na casa dele”, explica Tiago Albano, head de parcerias da Adyen para a América Latina. “Na prática, é a integração da plataforma de e-commerce a um meio de pagamento físico, o que ajuda na retenção dos consumidores e, consequentemente, no aumento das receitas.”

Comércio unificado: conceito foi disseminado no Brasil pela Adyen, plataforma única para pagamentos tanto no mundo online quanto no mundo físico (Adyen/Divulgação)

“A Adyen é o único parceiro que possibilita esse recurso para a Adobe Commerce no Brasil. Além disso, nós estamos falando muito sobre e-commerce unificado no país, que é trazer soluções de ‘omnicanalidade’, inteligência e gestão de canais integrados”, informa Raul Braga, diretor de contas da Adobe Experience Cloud.

Braga ainda reforça a importância da unificação de estoques para reduzir o número de perdas de vendas ocasionadas por falta de produtos em uma loja, além de resumir os pontos cruciais que a nova tecnologia possibilita: aumento da receita, experiência do cliente e novos formatos de loja.

Quais são as vantagens da prateleira infinita?

Entre as vantagens que a prateleira infinita traz para o varejista, Albano destaca o menor risco de chargeback, quando uma cobrança é contestada pelo titular do cartão e o valor tem de ser devolvido, uma vez que a transação é realizada com o cartão do cliente “presente” e, principalmente, a inteligência de dados que permite ao lojista conhecer melhor o seu cliente e ter mais respaldo nas tomadas de decisão de todos os departamentos, de compras ao marketing.

“A Adyen, por ser uma plataforma única para pagamentos tanto no mundo online quanto no mundo físico, trouxe ao mercado brasileiro o conceito de comércio unificado: jornadas integradas e totalmente sem atritos para o lojista e para o cliente final”, explica Albano. “Todos os sistemas conversam perfeitamente, facilitando o dia a dia dos times de loja e gerando dados que ajudam o varejista a comprar de forma mais inteligente, por exemplo, ou a escolher a melhor localização para sua próxima loja física.”

Para os varejistas que já vendem através da Adobe Commerce, integrar os estoques com a prateleira infinita da Adyen é simples: basta escolher a Adyen como adquirente e seguir com configurações diretamente na plataforma da Adobe. “O módulo de pagamentos da Adyen é bem simples e prático, leva apenas 25 minutos para ser instalado. Em menos de 1 hora, está tudo pronto para testes”, explica Luan Alves, head engineering da Webjump, líder em implementação da Adobe Commerce no Brasil e certificada pela Adyen.

Inteligência global no varejo local

Fundada em Amsterdã, a Adyen chegou ao Brasil em 2011. O país logo se tornou um mercado prioritário para a empresa, que criou aqui o seu primeiro time de desenvolvimento fora da Holanda. Esse time foi responsável por integrar à plataforma as formas de pagamento queridinhas do mercado nacional, como boleto, Pix e parcelamento. Há ainda um time de suporte totalmente dedicado aos clientes brasileiros, que inclui gigantes como Magazine Luiza, Amaro, Dafiti e MadeiraMadeira.

“Hoje, somos uma plataforma totalmente localizada para o Brasil, o que significa que aceitamos, de forma nativa, os principais meios de pagamento que o brasileiro usa, e temos times locais de suporte e desenvolvimento para garantir que estejamos sempre próximos ao nosso cliente daqui”, explica o head de parcerias da Adyen. “Temos a estrutura de uma grande empresa global e, ao mesmo tempo, conseguimos oferecer uma experiência customizada para o mercado e o público brasileiro.”