LinkedIn irá lançar ferramenta de áudio 'estilo Clubhouse' neste mês

Semelhante ao aplicativo de conversas por voz, usuários poderão participar de bate-papos ao vivo e se juntar aos palestrantes no 'palco' virtual
 (Edward Smith/Getty Images/Getty Images)
(Edward Smith/Getty Images/Getty Images)
L
Laura Pancini

Publicado em 10/01/2022 às 16:48.

Última atualização em 11/01/2022 às 13:14.

Após mais de um ano da ascensão (e considerável queda) do Clubhouse, a rede social LinkedIn anunciou que irá lançar sua própria versão do recurso de áudio ao vivo. A versão beta deve ser lançada até o final de janeiro.

O recurso de áudio ao vivo é semelhante ao Clubhouse, rede social com foco em áudio, em que qualquer usuário pode abrir uma sala de bate-papo e conversar com pessoas de todo o mundo.

O app estourou no início de 2021. Seu sucesso foi tanto que gigantes do mercado não hesitaram em copiar o formato dentro de suas redes sociais: o de maior sucesso é o Spaces do Twitter, onde grupos de usuários podem se reunir em salas para conversar somente por áudio, mas Spotify, Facebook e a plataforma de mensagens Discord também já criaram suas versões.

Agora, o LinkedIn planeja lançar a versão beta da sua plataforma de eventos totalmente virtuais ainda este mês. De acordo com uma publicação de Jake Poses, gerente de produtos no LinkedIn, o objetivo é "facilitar a realização de palestras, entrevistas, mesas redondas virtuais e outras reuniões".

Os usuários podem participar de conversas ao vivo e se juntar aos palestrantes no 'palco' virtual. A expectativa é que a opção para habilitar vídeo esteja disponíveis no final do outono.

De acordo com o site de notícias TechCrunch, o LinkedIn não planeja oferecer a opção de eventos com ingressos pagos, como é o caso do Twitter.

A expectativa da empresa é que, eventualmente, o espaço seja utilizado por outras companhias para realizar grandes eventos virtuais, e que criadores de conteúdo abram salas de bate-papo em seus próprios perfis.

Exemplo de como serão os bate-papos com vídeo no LinkedIn

Exemplo de como serão os bate-papos com vídeo no LinkedIn (LinkedIn/Divulgação)