Tecnologia
Acompanhe:

Jawbone Jambox

Um dos baratos da caixa de som portátil Jambox é dispensar os cabos para reproduzir áudio de smartphones, notebooks e outros aparelhos com Bluetooth com uma qualidade muito boa para um dispositivo do seu porte. Com a ajuda de um microfone embutido, o Bluetooth também permite aproveitar a Jambox como viva-voz para celulares. Para ligar […]

A
Airton Lopes

6 de março de 2012, 10h39

logo-infolab

Um dos baratos da caixa de som portátil Jambox é dispensar os cabos para reproduzir áudio de smartphones, notebooks e outros aparelhos com Bluetooth com uma qualidade muito boa para um dispositivo do seu porte. Com a ajuda de um microfone embutido, o Bluetooth também permite aproveitar a Jambox como viva-voz para celulares. Para ligar MP3 players sem Bluetooth, o jeito é recorrer a um cabo P2. O design compacto e a construção sólida, com tela de aço inoxidável e borracha no topo e na base, merecem elogios. Tocando um botão, o Jambox fala, em inglês, o status da bateria. Nos testes, uma carga completa proporcionou 5 horas e 50 minutos de música por Bluetooth.

Medindo 15,1 por 5,7 por 4 centímetros, a Jambox é compacta, pesa 347 gramas e vem acompanhada de um estojo de transporte. Mesmo pequena, a qualidade de áudio é interessante. Há presença nos graves e os agudos são bem definidos. Podem ocorrer problemas com o volume ao máximo e com o ouvinte a uma distância superior a 5 metros. Os 85 decibéis prometidos pelo fabricante com até meio metro de distância foram confirmados nos testes do INFOlab. Um ponto negativo, como já mencionado, é a duração de bateria. Com o tocador plugado pela entrada P2, o tempo de bateria de ser um pouco maior. A recarga é feita por uma entrada microUSB, que também serve à função de conexão ao PC para atualizar o firmware do aparelho e adicionar funções. Para isso o usuário precisa baixar o software da Jawbone do site da fabricante, o Jawbone Updater.

É possível trocar a voz dos chamados AudioApps. As vozes disponíveis são: Mobster, Classic Arcade, Baseball, The Bombshell, The Rogue, The Thinker, The Catch, The Ace, The Hero e Original (padrão). Além do inglês, a pequena caixa também pode falar Alemão, Francês, Espanhol, Japonês, Mandarin e Cantonês.

Vídeo

http://videos.abril.com.br/info/id/2c9f94b634a673cb0134aa34c4ed034c

Também é possível adicionar funções ao botão principal (talk). Para isso o usuário conta com os DialApps MyFavorite (disca para um número favorito ou número mais utilizado recentemente), Voice Dial (software que já vem carregado no aparelho), Toughts DialApp (permite gravar mensagens de voz e enviar para outros lugares. Funciona apenas com iPhone através do aplicativo Jawbone THOUGHTS), Voice on the Go (lê e envia emails e mensagens e disca para contatos), Dial2Go (semelhante ao Voice on the Go, mas inclui Twitter e Facebook. Funciona por um ano para clientes da Jawbone), 1-800-FREE411 (serviço gratuíto de informações nos estados unidos) e 411 (número de assistência utilizado para obter informações de restaurantes e outros).

O emparelhamento por Bluetooth é simples. Basta que o usuário ligue a caixa e busque por dispositivos no aparelho. A caixa será conectada como um fone de ouvido. A senha para conexão é um simples “0000”.

Ficha técnica

Potência 10 W
Resposta de frequência 60 Hz a 20.000 Hz
Conexões Bluetooth, P2, MicroUSB
Dimensões 15,1x5,7x4 cm
Peso 347 g
Duração de bateria 5h50min

Avaliação técnica

Prós Bluetooth; boa qualidade de áudio; configurável, permite trocar a voz e mudar o uso do botão principal;
Contras Preço salgado e distorção em volume máximo;
Conclusão Gadget é repleto de recursos, mas preço pode ser impeditivo
Áudio 8,5
Usabilidade 8,5
Design 8
Conexões 8,5
Média 8.4
Preço R$ 679