Investidor processa desenvolvedora de Cyberpunk 2077 após lançamento conturbado

Alegação é que empresa falhou em mostrar que game era "virtualmente impossível de jogar", devido a bugs e baixa performance em consoles de geração passada.

Depois de quase uma década de desenvolvimento, o lançamento do Cyberpunk 2077, um dos mais esperados para este ano, foi bastante turbulento. Repleto de falhas e com dificuldade de rodar em consoles da geração passada, como o PlayStation 4, o jogo gerou críticas à desenvolvedora polonesa CD Projekt Red.

Agora, um investidor americano processou a desenvolvedora, sob a alegação de que a empresa teria divulgado uma performance que o jogo não foi capaz de atingir — o que teria levado à queda das ações da CD Projekt Red e causado perdas enormes para os acionistas.

A ação, protocolada na Califórnia, alega que a empresa falhou em deixar claro que o jogo era "virtualmente impossível de jogar". Em resposta, de acordo com a agência Bloomberg, a CD Projekt Red afirmou que vai se defender das alegações feitas por investidores na ação.

O Cyberpunk 2077 tem sido severamente criticado por seu desempenho em consoles antigos e até por bugs recorrentes que aparecem no jogo, inclusive nos computadores com especificações mais parrudas. O problema era tão grave que a desenvolvedora se ofereceu a garantir um reembolso para consumidores insatisfeitos.

A japonesa Sony, fabricante do PlayStation 4, retirou o jogo da plataforma ofereceu reembolso para todos os jogadores que compraram o título. O anúncio levou a CD Projekt Red a perder até 1,7 bilhão de dólares em valor de mercado.

Apesar disso, o game vendeu 13 milhões de cópias nas duas primeiras semanas desde o lançamento, o que o tornou um dos principais lançamentos de 2020.

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.