A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Empresas de tecnologia brasileiras se saem bem no terceiro trimestre

Locaweb e Positivo Tecnologia crescem mesmo em ano de pandemia; Sinqia tem queda no lucro

As empresas de tecnologia são em pequeno número na B3, especialmente se compararmos com a quantidade e o valor de mercado das companhias listadas na bolsa americana. Mas mesmo diante de um cenário de crise global, as brasileiras Locaweb e Positivo Tecnologia apresentaram resultados de crescimento sólido e com lucro.

O destaque vai para a Positivo Tecnologia, que reportou lucro líquido 552% maior no terceiro trimestre de 2020, ante o mesmo período de 2019. O lucro é atribuível aos acionistas da empresa. O salto foi de R$ 7,54 milhões para R$ 49,2 milhões. A receita líquida também cresceu 13,1% entre os meses de julho a setembro e chegou a R$ 521,7 milhões. A empresa é avaliada em 663,6 milhões de reais e tem patrimônio líquido de 940 milhões de reais. A Positivo é conhecida pelos seus computadores e notebooks de marca própria, bem como pelos modelos das linhas Vaio e 2am. A empresa também vende dispositivos para casas conectadas, celulares e acessórios.

A Locaweb, que fez IPO neste ano e tem ido ás compras desde então, também teve crescimento de 30,6% no lucro líquido, segundo o relatório de resultados do terceiro trimestre deste ano, ante o mesmo período no ano passado. O valor foi de R$ 6 milhões para R$ 7,8 milhões. Com receita de R$ 126,7 milhões, a empresa cresceu 23,8% no período. A Locaweb é avaliada em 8,59 bilhões de reais e tem patrimônio líquido de 657 milhões de reais. Sua dívida líquida é negativa de 375 milhões, ou seja, ela possui mais em caixa do que dívidas.

Já a Sinqia, que atua no segmento de software, teve resultados menos animadores no terceiro trimestre deste ano. A companhia teve lucro 25,8% menor do que no mesmo período em 2019, registrando R$ 851 mil. Já o lucro bruto ficou em R$ 17,5 milhões. A companhia também tem dívida líquida negativa, de 259 milhões de reais. Seu valor de mercado é de 1,5 bilhão de reais.

No podcast EXAME Tech, conversamos com Fernando Cirne, presidente da Locaweb, que contou o que a empresa tem feito depois do IPO. Recentemente, a companhia anunciou a intenção de compra da Vindi, uma startup de pagamentos recorrentes, por R$ 180 milhões. Com isso, a empresa que nasceu como um serviço de hospedagem de sites no século passado, almeja se tornar a brasileira com mais serviços para transformação digital de negócios de diferentes portes. Ouça a seguir.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também