Egito recupera conexão à internet

Rede estava fora do ar no país desde o início dos protestos contra Mubarak

Cairo - O Egito recuperou nesta quarta-feira a conexão à internet, bloqueada desde sexta-feira após cinco dias de interrupção.

O acesso à internet, que durante os primeiros dias foi essencial para articular os protestos contra o regime, permanecia fora de serviço desde sexta-feira, quando os opositores ao presidente Hosni Mubarak ocuparam a praça de Tahrir em uma mobilização sem precedentes que obrigou à Polícia a ceder o controle da praça ao Exército.

Para esse dia era esperada a maior mobilização da era de Mubarak. Horas antes do início do protesto, as conexões à internet foram cortadas.

Nenhum dos mais importantes provedores de internet no Cairo funcionou, tanto em equipamentos fixos quanto em celulares, depois da retirada do ar do Facebook e Twitter, conforme denúncias de organismos de direitos humanos.

Após vários dias de confrontos entre a Polícia e os manifestantes, a interrupção da internet tinha como objetivo aplacar os protestos, embora oficialmente as autoridades não tenham dada nenhuma explicação.

A revolta popular que atinge o Egito causou por enquanto dezenas de mortos e mais de 1,5 mil feridos e obrigou Mubarak a nomear um novo Governo e garantir que não vai concorrer à reeleição.

Desde então, dezenas de milhares de egípcios estão nas ruas protestando contra o regime de Mubarak, no poder desde 1981.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também