Demissão de fundador do Facebook russo era piada

O fundador do chamado Facebook russo anunciou a demissão em sua conta pessoal

Moscou - Pavel Durov, fundador da principal rede social russa, a VKontakte (VK), afirmou nesta quinta-feira que não irá deixar o cargo de diretor-geral, e que o anúncio neste sentido feito há dois dias era uma piada de 1º de abril.

O fundador do chamado Facebook russo, muito dado a provocações, anunciou a demissão em sua conta pessoal em 1º de abril, causando espanto aos usuários.

"Minha liberdade de ação como CEO para liderar a empresa foi reduzida significativamente. Tornou-se cada vez mais difícil defender os princípios em que se baseia a nossa rede social", escreveu Durov, de 29 anos, em sua página VK na ocasião.

Os analistas chegaram a pensar que a saída de Durov poderia aliviar o clima de tensão, no momento em que a rede social russa, que supera na antiga URSS o Facebook americano com mais de 100 milhões de usuários, vive há meses um conflito entre seu fundador, apoiado pelo Mail.ru, e o fundo de investimento United Capital Partners fundo (UCP) , que possui os 48% restantes da companhia.

O UCP acusa Durov de ter utilizado os recursos da VK para criar um aplicativo de mensagens instantâneas, Telegram, independente da rede social, que foi um sucesso retumbante.

Muitas vezes comparado ao fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, Durov criou a rede quando saiu da Universidade de São Petersburgo em 2006.

Ele deixou em janeiro o capital da empresa, vendendo sua participação de 12% ao CEO da operadora de telefonia móvel MegaFon, mas permaneceu como diretor-geral da rede. Ele teria recebido mais de 400 milhões de dólares pela venda das ações, que foram posteriormente adquiridas em meados de março pela mail.ru.

A VK detém uma parte considerável do mercado na Rússia, estimada pelo banco Barclays em 40%, contra apenas 25% para o Facebook.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.