Tecnologia

Brasileiro gasta 8 horas no Facebook por mês, diz estudo

Brasileiros superam a média mundial de 6,3 horas mensais e a média dos norte-americanos


	Logo do Facebook distorcido: tempo médio de acesso dos brasileiros cresceu 33% em relação a 2011
 (Ed Jones/AFP)

Logo do Facebook distorcido: tempo médio de acesso dos brasileiros cresceu 33% em relação a 2011 (Ed Jones/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 16 de setembro de 2012 às 14h26.

São Paulo - Usuários brasileiros estão entre os que mais passam tempo no Facebook, chegando a gastar mais de oito horas conectados em um mês, de acordo com a pesquisa feita pela própria empresa, com os dados da consultoria comScore.

Segundo o estudo realizado, os brasileiros ficam conectados, em média, oito horas por mês, superando a média mundial de 6,3 horas mensais. Essa média, inclusive, cresceu 33% em relação ao ano passado, e já é superior ao período médio dos norte-americanos.

A pesquisa ouviu 1.035 pessoas entre junho e agosto, e confirma que a principal interação dos brasileiros é feita por compartilhamento de fotos, feito por 82% de usuários, seguida da opção “Curtir”, com 74%, e da leitura de atualizações de status, com 73%.

A rede social conta, hoje, com 54 milhões de brasileiros registrados, e é a segunda base de usuários da companhia, atrás somente dos Estados Unidos.

Desses 54 milhões de usuários, 37% afirmam acessar a rede de um smartphone, simultaneamente ao acesso de um computador. Outros 15% afirmam entrar na rede social por tablets.

Segundo o diretor global de audiência do Facebook, Robert D’Onofrio, o índice de acessos à rede social por meio de smartphones deverá crescer ainda mais nos próximos anos. "Esse dado nos surpreendeu, pois mostra os brasileiros à frente do resto do mundo no acesso por meio de diferentes dispositivos móveis", diz.

Acompanhe tudo sobre:EmpresasEmpresas americanasEmpresas de internetempresas-de-tecnologiaFacebookInternetRedes sociais

Mais de Tecnologia

Presos no espaço, astronautas da Nasa enfrentam problema em cápsula espacial da Boeing

Starlink, de internet via satélite, lança versão Mini; saiba o preço e disponibilidade

IDC estima que a Apple venderá menos de 500 mil unidades do Vision Pro em 2024

Neuralink avança em implantes cerebrais com segundo voluntário

Mais na Exame