Invest

Facebook: instabilidade é risco de perder mais de R$ 1 mi por minuto

A empresa faturou quase 160 bilhões de reais no segundo trimestre de 2021 e cada minuto fora do ar pode impactar a receita

Facebook: empresa tem a publicidade digital como seu principal negócio (Dado Ruvic/Reuters)

Facebook: empresa tem a publicidade digital como seu principal negócio (Dado Ruvic/Reuters)

Lucas Agrela

Lucas Agrela

Publicado em 4 de outubro de 2021 às 15h25.

Última atualização em 4 de outubro de 2021 às 18h55.

Com um faturamento diário de 1,7 bilhão de reais, segundo dados do balanço do segundo trimestre de 2021, o Facebook corre o risco de perder receita de 72,3 milhões de reais por hora, ou 1,2 milhão de reais por minuto ao ter seus serviços digitais fora do ar. Esta segunda-feira é marcada por uma queda global dos serviços da empresa, incluindo Facebook, Instagram e WhatsApp.

A empresa se pronunciou dizendo estar ciente dos problemas de instabilidade e está trabalhando para resolvê-los.

O Facebook tem sua principal fonte de receita no mercado publicitário. A empresa tem mais de 10 milhões de anunciantes ativos em suas plataformas digitais.

As restrições sanitárias para conter a pandemia de covid-19, que levou muitas pessoas a passar mais tempo em casa e na internet, fez a receita do Facebook atingir 29 bilhões de dólares, um salto de 56% entre abril e junho deste ano, em comparação com o mesmo período no ano passado.

Na Nasdaq, a bolsa que reúne as empresas de tecnologia, as ações do Facebook fecharam em queda de 4,89% hoje.

EXAME Tech

 

 

Acompanhe tudo sobre:FacebookInstagramWhatsApp

Mais de Invest

Realização de lucros? Buffett vende R$ 8 bilhões em ações do Bank of America

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 53 milhões

O que é private equity e como funciona?

Quanto rendem R$ 20 mil por mês na poupança?

Mais na Exame