Pop

Com lágrimas e homenagem em família, tributo ao Taylor Hawkins, do Foo Fighters, emociona o público

A emocionante homenagem ao baterista, que faleceu em março deste ano, reuniu mais de 75 mil pessoas no estádio Wembley, em Londres. O tributo teve duração de seis horas

O tributo ao Taylor Hawkins teve duração de seis horas (Oliver Halfin / Foo Fighters/Reprodução)

O tributo ao Taylor Hawkins teve duração de seis horas (Oliver Halfin / Foo Fighters/Reprodução)

A tarde do último sábado, 3, foi preenchida com a emoção, o luto e o amor pela música no Tributo ao Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters que faleceu em março deste ano, dois dias antes do show da banda no Lollapalooza Brasil. O tributo, que contou com uma plateia de mais de 75 mil pessoas no estádio Wembley, em Londres (Inglaterra), pode ser descrito com uma palavra que o definiu do começo ao fim: família.

Pela primeira vez nos palcos desde a morte do baterista, o Foo Fighters homenageou Taylor Hawkins com um tributo digno de grandes clássicos do rock. O show teve seis horas de duração e contou com apresentações de integrantes do Queen, AC/DC, Oasis, The Police, Rush, The Pretenders, Blink-182, Chevy Metal, Metallica, Queens of the Stone Age, Supergrass, Rush e Jane's Addiction, bem como a participação surpresa da banda James Gang — que se reuniu após 15 anos somente para o tributo — e Paul McCartney.

Muito emocionados, os integrantes do Foo Fighters apareceram com olhos marejados e voz embargada em diversos momentos do tributo.

"Se tem uma coisa que o Taylor amava era música. Ele vivia pela música. E essa escolha de músicos e familiares... Isso tudo veio aqui hoje por causa dele. Todas essas bandas, todos esses momentos, tudo está conectado por causa desse único cara. Reunimos bandas aqui, artistas que estão cantando juntos e nem se conheciam, mas estão aqui só por causa dele”, disse Dave Grohl, vocalista e fundador da banda, na metade do tributo.

Melhores momentos e canções emocionantes

Cada um dos músicos apresentou de duas a três músicas e, no total, 28 artistas se apresentaram com o Foo Fighters em produções icônicas. Alguns momentos, no entanto, ficaram na história da banda com cenas emocionantes que levaram o público aos berros e lágrimas no Wembley.

Veja os melhores momentos do tributo:

Queens of the Stone Age

Ao lado dos integrantes do Foo Fighters, o cantor da banda Queens of the Stone Age, Josh Homme, subiu ao palco e cantou várias músicas das quais Taylor Hawkins amava ouvir. Uma delas foi "Let's Dance", do memorável David Bowie. Ao final da apresentação, um de seus filhos também subiu ao palco para abraçá-lo.

"De quem é essa criança? Brincadeira, é meu filho!", disse.

yt thumbnail

Violet e a família Grohl

Para homenagear o Taylor Hawkins, a filha mais velha de Dave Grohl, Violet, também se apresentou ao lado de Mark Ronson, Chris Chaney, Jason Falkner com a música "Valorie". Nitidamente nervosa em sua primeira grande apresentação, ela iniciou sua performance de forma tímida. "Oh, olá, quanta gente!".

Ao fundo da apresentação dela, é possível ver Pat Smear emocionado, assim como Dave, a esposa, Jordyn Blum, e a outra filha ao lado de Alison Hawkins — viúva de Taylor Hawkins — e os filhos do baterista, que acompanharam todo o tributo em família.

AC/DC com "Back in Black"

Outra parte do tributo bem emocionante foi a presença do cantor Brian Johnson, do AC/DC e Lars Ulrich, baterista do Metallica, que tocaram junto do Foo Fighters o famoso hit "Back in Black". O vocalista ressaltou a presença de palco de Taylor Hawkins e trouxe um momento animado aos fãs da banda.

Uma curiosidade é que a música "Back in Black" foi produzida em homenagem à morte do primeiro cantor do AC/DC, Bon Scott, que faleceu em 1980.

yt thumbnail

Brian May e a emocionante homenagem a Taylor Hawkins e Freddie Mercury

Um dos momentos mais emocionantes do tributo foram as músicas tocadas com Brian May e Roger Taylor, guitarrista e baterista da banda Queen, respectivamente — muitíssimo admirada por Taylor Hawkins, que costumava cantar um cover do grupo em boa parte dos shows do Foo Fighters.

Em conjunto com Dave Grohl, Pat Smear, Nate Mendel, Chris Shiflett e Rami Jaffee, ambos os artistas tocaram as músicas "We Will Rock You", "I'm In Love With My Car", "Under Pressure" e "Somebody To Love", essa última com vocal de Sam Ryder, cantor que se tornou muito famoso cantando os clássicos do Queen no TikTok.

Para fechar o momento do Queen, o guitarrista Brian May foi na parte do palco mais próxima do público, com violão, fez uma pequena homenagem a Freddie Mercury e cantou "Love Of My Life", acompanhado pela multidão de 75 mil pessoas.

"Em 1986, eu e Freddie estávamos nesse exato lugar do palco, cantando essa canção [Love Of My Life] juntos. Em 1992, nós dissemos adeus para o Freddie nesse mesmo estádio, tão cheio quanto hoje. Eu sei que o Freddie ficaria muito feliz de ouvir esse som agora, para honrar Taylor Hawkins", disse May antes de iniciar a música.

yt thumbnail

Paul McCartney e The Pretenders

Já nas partes finais do tributo, a cantora da banda The Pretenders, Chrissie Hynde, trouxe ao palco um elemento surpresa: Paul McCartney, que cantou ao lado dela as músicas "Oh! Darling" e "Helter Skelter".

"Se estiver tudo bem para vocês, eu trouxe um grande amigo...", disse a cantora antes de introduzir um dos Beatles.

yt thumbnail

Dave Grohl se emociona ao cantar Times Like These

Em seguida, outro grande momento do tributo veio com a emoção do próprio Dave Grohl, que não conseguiu conter as lágrimas ao cantar a música sem o amigo de banda. "Times Like These" fala sobre a superação de momentos difíceis e a necessidade de seguir em frente.

yt thumbnail

Shane Hawkins toca "My Hero"

Por fim, na penúltima música do tributo, Dave Grohl chamou ao palco o filho mais velho de Taylor Hawkins, Shane Hawkins, para assumir a bateria na canção "My Hero".

"Damas e cavalheiros, nós temos mais um baterista que vem tocar conosco nessa noite. Deixe-me dizer a vocês: eu não acho que já vi alguém tocar a bateria com tanta força quando esse cara. Mas além disso, ele é um membro da nossa família, ele precisa estar conosco nessa noite, com todos nós. Por favor recebam Shane Hawkins na bateria", introduziu Grohl.

yt thumbnail

Homenagens em vídeo

Outros artistas também enviaram vídeos, que foram reproduzidos ao vivo no telão do show com homenagens ao baterista. Foi o caso de Elton John, Duff McKagan e Slash (Gun's N Roses) e Billie Eilish. "Ele [Taylor] tocou no meu último álbum, algo que me deixa muito emocionado e honrado. Essa é uma noite para se lembrar dele, honrar ele, nunca esquecê-lo. Quero me lembrar dele tocando", comentou Elton John em vídeo.

"Eu sinto muita falta dele, nos falávamos muito por telefone, ele sempre esteve ali para mim. Parecia que ele era o cara mais próximo e eu descobri que ele fazia todo mundo se sentir assim. Ele fazia todo mundo se sentir como se fôssemos as pessoas mais importantes para ele. O Rock and Roll vai sentir muita falta dele", comentou Duff McKagan, baixista do Gun's N Roses. "Eu sinto o mesmo, como se eu fosse o melhor amigo do Taylor desde a primeira vez que o conheci", completou Slash.

"Nós realmente queríamos estar no palco e dar nosso amor para o Taylor, sua linda família e todo mundo que o ama. A música e a paixão dele serão lembradas para sempre, e assim também deveria ser com seu aconchego, gentileza, generosidade com cada pessoa que já foi sortuda em conhecê-lo", concluiu Eilish.

Confira o setlist completo to tributo

  • Rock 'N' Roll Star - Foo Fighters e Liam Gallagher
  • Live Forever - Foo Fighters e Liam Gallagher
  • Let's Dance - Nile Rodgers e Josh Homme
  • Modern Love - Nile Rodgers e Gaz Coombes
  • Psycho Killer - Chevy Metal e The Coattail Riders
  • Children Of The Revolution - Chevy Metal e The Coattail Riders com Kesha
  • Louise - The Coattail Riders com Justin Hawkins e Josh Freese
  • Range Rover Bitch - The Coattail Riders com Justin Hawkins e Josh Freese
  • It's Over - The Coattail Riders com Justin Hawkins e Josh Freese
  • On Fire - Wolfgang Van Halen, Dave Grohl, Justin Hawkins, Josh Freese
  • Hot For Teacher - Wolfgang Van Halen, Dave Grohl, Justin Hawkins, Josh Freese
  • Last Goodbye - Violet e Dave Grohl, Alain Johannes, Chris Chaney, Greg Kurstin e Jason Falkner
  • Grace - Violet e Dave Grohl, Alain Johannes, Chris Chaney, Greg Kurstin e Jason Falkner
  • Richard III - Supergrass
  • Alright - Supergrass
  • Caught By The Fuzz - Supergrass
  • Goodbye Yellow Brick Road - Them Crooked Vultures
  • Gunman - Them Crooked Vultures
  • Long Slow Goodbye - Them Crooked Vultures
  • Precious - The Pretenders com Dave Grohl
  • Tattooed Love Boys - The Pretenders com Dave Grohl
  • Brass In Pocket - The Pretenders com Dave Grohl
  • Walk Away - James Gang
  • The Bomber - James Gang
  • Funk #49 - James Gang com Dave Grohl
  • Valerie - Violet Grohl, Mark Ronson, Chris Chaney, Jason Falkner
  • Back In Black - Brian Johnson, Lars Ulrich e Foo Fighters
  • Let There Be Rock - Brian Johnson, Lars Ulrich e Foo Fighters
  • Next To You - Stewart Copeland e Foo Fighters
  • Every Little Thing She Does Is Magic - Stewart Copeland e Foo Fighters
  • 2112 Part 1: Overture - Geddy Lee, Alex Lifeson, Dave Grohl
  • Working Man - Geddy Lee, Alex Lifeson, Dave Grohl
  • YYZ - Geddy Lee, Alex Lifeson e Omar Hakim
  • We WilL Rock You - Brian May, Roger Taylor, Rufus Taylor, Foo Fighters e Luke Spiller
  • I'm In Love With My Car - Brian May, Roger Taylor, Rufus Taylor e Foo Fighters
  • Under Pressure - Brian May, Roger Taylor, Rufus Taylor, Foo Fighters e Justin Hawkins
  • Somebody To Love - Brian May, Roger Taylor, Rufus Taylor, Foo Fighters e Sam Ryder
  • Love Of My Life - Brian May
  • Times Like These - Foo Fighters e Josh Freese
  • All My Life - Foo Fighters e Josh Freese
  • The Pretender - Foo Fighters e Travis Barker
  • Monkey Wrench - Foo Fighters e Travis Barker
  • Learn To Fly - Foo Fighters e Nandi Bushell
  • These Days - Foo Fighters e Rufus Taylor
  • Best Of You - Foo Fighters e Rufus Taylor
  • Oh! Darling - Foo Fighters, Paul McCartney, Chrissie Hynde e Omar Hakim
  • Helter Skelter - Foo Fighters, Paul McCartney e Omar Hakim
  • Aurora - Foo Fighters e Omar Hakim
  • My Hero - Foo Fighters e Oliver Shane Hawkins
  • Everlong - Dave Grohl

Onde assistir ao tributo completo

A transmissão ao vivo do tributo, feita no último sábado, 3, ficou sob a responsabilidade da MTV e a Pluto TV. Para assistir ao tributo gravado, no entanto, os fãs brasileiros terão que recorrer ao streaming da Paramount.

Além desse tributo, o Foo Fighters organizou outro evento em Los Angeles, que ocorre no dia 27 de setembro. Todo o valor arrecadado com doações e com os ingressos será doados a instituições de caridade escolhidas pela família Hawkins.

LEIA TAMBÉM:

Primeiro tributo a Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters, ocorre amanhã; veja como assistir

Foo Fighters: Taylor Hawkins teria relatado sentir dores no peito

Mais de Pop

C6 Fest: confira a programação deste domingo, 19

Virada Cultural: confira a programação completa deste domingo, 19

Rock in Rio 2024: faltando cinco dias para as vendas gerais, line-up completo é divulgado; veja

C6 Fest: confira a programação deste sábado, 18

Mais na Exame