Fintech de antecipação de recebíveis Liber Capital compra Adianta

Com a aquisição, a fintech espera aumentar o volume transacionado. Juntas, as duas empresas podem atender a 9.000 clientes em potencial

A fintech de antecipação de recebíveis Liber Capital, fundada em 2017, anunciou nesta quinta-feira, 23, a aquisição de 60% da operação da Adianta, empresa que também atua no mesmo segmento. A transação, cujo valor não foi revelado, vai permitir que as empresas atendam de forma mais completa este mercado. 

Enquanto a Liber oferece a antecipação de recebíveis para fornecedores de 62 grandes empresas parceiras, como Alliage e St. Marche, a Adianta garante crédito diretamente para pequenas e médias empresas. Juntas, as duas empresas poderão atender cerca de 9.000 clientes em potencial. 

“Para os 3.000 fornecedores que atendemos, só conseguimos antecipar o valor que será pago pelas grandes empresas parceiras, o que corresponde a cerca de 20% da sua carteira. Com a Adianta, consigo operar teoricamente 100%”, diz Victor Morandini Stabile, presidente e fundador da Liber.

Para a Adianta, a união fazia sentido estrategicamente. A fintech, até hoje, já concedeu mais de 200 milhões de reais em crédito para cerca de 1.000 clientes. “O mercado está se consolidando, vemos a entrada de players estrangeiros no Brasil. Estamos nos posicionando para estar na vanguarda do processo”, diz o sócio fundador Marco Camhaji.

As duas companhias vão fazer a integração gradual dos negócios. Por enquanto, ainda que haja trocas comerciais, as duas marcas seguem separadas e as equipes trabalham de forma independente. “Estamos ainda estudando a melhor forma de juntar as marcas”, diz Victor. Hoje, a Liber tem 50 funcionários e a Adianta, 20. 

Passado o desafio da integração, a meta da Liber é terminar 2020 com 10 bilhões de reais na carteira de crédito. No primeiro semestre do ano, a fintech cresceu 1000% em relação a 2019. Até hoje, 3 bilhões de reais já foram emprestados e a empresa tem um saldo de 2,6 bilhões. 

No final de julho, a XP Investimentos também colocou o pé no mercado de recebíveis. Sem informar o valor, a empresa comprou o controle da Antecipa, uma plataforma de digital de antecipação de recebíveis, fundada por Camilo Telles e Michel Borges em 2015.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Plano mensal Revista Digital

Plano mensal Revista Digital + Impressa

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

R$ 15,90/mês

R$ 44,90/mês

Plano mensal Revista Digital

Acesse ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

ASSINE

Plano mensal Revista Digital + Impressa

Acesse ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças + Edição impressa quinzenal com frete grátis.

ASSINE