A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Final Level, de entretenimento gamer, recebe aporte R$ 8,5 milhões

A plataforma de conteúdo sobre games, ancorada no YouTube, já tinha o grupo Go4it, o youtuber Felipe Neto e o jornalista João Pedro Paes Leme como investidores.

O mercado gamer, um dos que mais cresceu durante a pandemia, continua despertando interesses de investidores. Nesta quinta-feira, 11, a plataforma de entretenimento Final Level, famosa por seu canal homônimo no YouTube, acaba de levantar um aporte de 8,5 milhões de reais liderado pelo fundo brasileiro Outfield Capital e pelo inglês 1st11, com a participação de family offices brasileiros e de sócios da Atmos Capital.

A empresa foi criada em 2018 pelo grupo de investimentos Go4it, junto com o empresário e youtuber Felipe Neto e o ex-executivo da Globo João Pedro Paes Leme. O grupo percebeu que havia espaço no Brasil, onde mais de 75 milhões de pessoas consomem jogos, para uma plataforma de conteúdo e entretenimento gamer. 

Com um clube seleto de influenciadores especializados nos mais diversos jogos, a Final Level já soma mais de 60 milhões de inscritos nas redes sociais próprias e tem cerca de 500 milhões de visualizações mensais em seus vídeos no YouTube.

Alguns dos influenciadores parceiros da Final Level vivem juntos na Gameland, uma casa de luxo da empresa, no Rio de Janeiro. Por lá, eles recebem ajuda para roteirizar e produzir os vídeos, além de poderem colaborar entre si.  “Para os influenciadores, é uma oportunidade de se profissionalizar e catapultar a carreira”, disse Fernanda Lobão, presidente da Final Level, em entrevista anterior à EXAME.

Com uma boa entrada entre o público que consome jogos no país, a Final Level conseguiu atrair patrocinadores de peso para seus projetos, como a Oi, Ame Digital, iFood, Netflix e Coca-Cola. Com o aporte milionário recebido agora, a empresa quer se aproximar mais do consumidor lançando novos produtos e serviços. 

“A Final Level é um exemplo perfeito do novo modelo de mídia e de construção de comunidades. Acreditamos muito no potencial de crescimento do negócio, por conta da visão inovadora sobre como interagir com a comunidade gamer, sempre criando conteúdos de qualidade e retratando como ninguém esse lifestyle”, afirma Pedro Oliveira, cofundador da OutField Capital. 

Hoje, a indústria de games é maior que a de cinema e música somadas. Em 2020, o mercado movimentou 180 bilhões de dólares, segundo a consultoria IDC, e chegou ao patamar de 2,7 bilhões de usuários, que se dividem entre jogos de computador, celular e console. 

Como os games são um fenômeno global, A Final Level já olha para possibilidades de expansão internacional. O modelo coletivo criado pela empresa para desenvolver conteúdo já foi licenciado para a Espanha, nos moldes do que a produtora holandesa Endemol fez com o programa Big Brother pelo mundo.

A empresa também aposta nos eSports, competições que atraem meio bilhão de espectadores todos os anos e movimentam cerca de 1 bilhão de dólares por ano, segundo a consultoria Newzoo. No ano passado, a empresa lançou seu próprio time, o Gamelanders, para disputar campeonatos nacionais e organizar eventos, como o feito com a gigante de shopping centers brMalls no final do ano passado.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também