Votorantim Metais vai investir R$ 1 bilhão neste ano

Produtora de alumínio, Votorantim planeja crescer também em níquel
Produção de alumínio: empresa vai investir R$ 401 milhões neste setor (ROBSON FERNANDES)
Produção de alumínio: empresa vai investir R$ 401 milhões neste setor (ROBSON FERNANDES)
M
Márcio JuliboniPublicado em 12/04/2011 às 16:21.

São Paulo - A Votorantim Metais programou investimentos de 1 bilhão de reais neste ano. A maior parcela dos recursos, 430 milhões de reais, serão investidos nas operações de zinco. Atualmente, a Votorantim é uma das cinco maiores produtoras de zinco do mundo.

Entre os planos para o mercado de zinco, está a retomada do projeto Polimetálicos, em Juiz de Fora (MG). Com inauguração prevista para agosto deste ano, esta será a primeira fábrica de polimetálicos do Brasil, capaz de processar zinco e de reciclar o pó de aciarias elétricas.

Outros 401 milhões de reais serão aplicados no setor de alumínio. Do total, 292 milhões de reais irão para a fábrica da cidade paulista de Alumínio. O dinheiro será usado na construção de um centro de tratamento de perfis e na melhoria de processos.

Alumínio

Ainda no setor de alumínio, está previsto o aporte de 44 milhões de reais nas minas de Poços de Caldas, Mirai e Itamarati de Minas, todas localizadas em Minas Gerais. O montante será usado para compra de equipamentos, abertura de minas e aquisição de jazidas.

A Votorantim Metais reservou, também, 151 milhões de reais para as operações de níquel. Os investimentos serão divididos entre a modernização da fábrica que Niquelândia (GO) e projetos de mineração em Fortaleza de Minas (MG).

Também no segmento de níquel, a empresa vai ampliar sua capacidade de produção de cobalto eletrolítico de 1.400 para 3.000 toneladas por ano. Na primeira fase, em 2011, a fábrica de São Miguel Paulista (SP) será ampliada em 300 toneladas. No ano que vem, a planta completará sua nova capacidade total.