A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Vivo melhora planos e corta preços para conquistar clientes

A mudança no acesso a internet, benéfica para os consumidores, foi considerada muito apressada para os analistas do banco Credit Suisse.

São Paulo – As mudanças de preço e planos pós-pago da Vivo estão conquistando clientes, mas podem ser um problema para a operadora.

A empresa aumentou o seu plano de 4GB para 5GB, e o de 6GB para 8GB, sem alteração no preço, como uma resposta à concorrência em planos mais caros e completos, afirmaram analistas do Credit Suisse em relatório.

No entanto, com o aumento da internet nos planos pós-pagos, mais consumidores devem optar por um plano mais barato: "mantemos nossa visão que a troca por planos mais acessíveis irá se intensificar no decorrer de 2018 e desacelerar o crescimento da Vivo em mobile".

A mudança no acesso a internet, benéfica para os consumidores, foi considerada muito apressada pelos os analistas do banco.

"A mudança mais recente nos preços da Vivo reforça nossa visão de que as ofertas de dados estão subindo muito rápido no segmento alto e que uma quantidade crescente de clientes preferirá pagar menos para manter seus subsídios de dados antigos, em vez de pagar um pouco mais por dados que eles não precisam", diz o relatório.

Recentemente, a empresa também incluiu uma parceria com a Netflix para a oferta de um “bônus de internet” em planos pós-pagos. A oferta dobra a franquia contratada, desde que esses dados adicionais sejam usados com os aplicativos de streaming de vídeo e música selecionados na oferta.

Com planos mais vantajosos, a companhia pode ganhar espaço em relação à concorrência – principalmente em cima da Oi, em recuperação judicial desde 2016.

A Vivo foi a única das quatro grandes operadoras que, em vez de ver redução no número de linhas, fechou 2017 com uma base maior de clientes.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também