Vale: cargueiros atracarão na China seguindo legislação

Nesta semana, o Ministério dos Transportes da China anunciou que os portos do país não poderão receber as embarcações contratadas pela mineradora brasileira

São Paulo - A Vale informou, hoje, que os supercargueiros da mineradora - navios do tipo Very Large Ore Carrier (VLOC) - apenas atracarão nos portos chineses "em total conformidade com a legislação daquele país". "A adaptação dos portos para receber esses supercargueiros é uma questão eminentemente técnica, tratada em conformidade com a legislação marítima local e internacional, que requer estudos de engenharia detalhados e muitas vezes investimentos adicionais em treinamento dos operadores, reforço dos berços de atracação e dragagem", disse a mineradora em comunicado enviado à imprensa.

Nesta semana, o Ministério dos Transportes da China anunciou que os portos do país não poderão receber as embarcações contratadas pela mineradora brasileira, já que elas passam da capacidade máxima aprovada de 300 mil toneladas. O supercargueiros da Vale têm capacidade para 400 mil toneladas.

Segundo a Vale, os supercargueiros podem aportar na sua capacidade máxima nos portos de Ponta da Madeira, em São Luís; Sohar, em Omã; Taranto, na Itália; e Roterdã, na Holanda. "A Vale continua desenvolvendo novas alternativas para atracação de seus navios em novos portos, seguindo a legislação de cada país, e de forma cooperativa com seus clientes e autoridades locais", ainda de acordo com nota da mineradora brasileira.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.