Reserva lança plataforma para quem quer criar a própria loja de roupas

Com o novo serviço Reserva Ink, empresa carioca permitirá a empreendedores personalizar peças pré-prontas e vendê-las online

Conseguir capital de giro, montar o estoque, organizar a logística e a entrega, fazer contato com potenciais consumidores. Empreender com sucesso no varejo de moda exige um investimento prévio intenso, muito antes de a primeira peça ser entregue ao cliente. Foi assim quando o empresário Rony Meisler e seu sócio Fernando Sigal criaram a marca de moda masculina Reserva, em 2006.

Os sócios investiram pelo menos 8.000 reais só para colocar o negócio de pé, sem contar os investimentos que precisaram acontecer na sequência. Agora, a proposta da Reserva é que novos empresários que queiram ingressar neste segmento consigam fazer isso gastando pouco mais de 129 reais por mês.

A empresa carioca comprou a startup Touts, de personalização de roupas, para lançar uma plataforma batizada de Reserva Ink (tinta, em inglês). O lançamento oficial acontece neste domingo 9. No serviço, haverá a opção de customizar estampas de roupas e depois vender as peças online. Uma vez criadas as peças, fabricação, logística e estoque ficam todos por conta da Reserva Ink, que fará as roupas na mesma fábrica já usada pelo Grupo Reserva, no Rio de Janeiro. “Será possível montar uma marca em 20 minutos, mas sem ter de gastar com estoque ou fabricação antes de faturar”, diz Meisler.

Pagando uma mensalidade de 129 reais e mais uma porcentagem por cada venda, o empreendedor parceiro da Reserva Ink primeiro monta uma marca e loja online, hospedadas na plataforma. Depois, com as ferramentas disponíveis, consegue personalizar roupas pré-prontas com as estampas que deseja (por ora, somente camisetas, mas, no futuro, o objetivo é inserir opções de bonés, bolsas e outros produtos). Há uma série de estampas prontas sugeridas, mas os donos das marcas poderão também enviar ilustrações customizadas, além de definir o preço final do produto.

A única parte do processo que é de responsabilidade do dono da marca é a estilização das peças e o marketing digital da loja para atrair vendas. Os produtos serão vendidos no próprio site da loja e também em marketplaces parceiros — mas a marca na etiqueta será a criada pelo usuário da plataforma, sem qualquer relação direta com as roupas da Reserva.

A projeção para a Reserva Ink é faturar 10 milhões de reais neste primeiro ano. O projeto inclui uma plataforma de educação sobre empreendedorismo, com aulas para começar a empreender, fazer marketing, escalar um negócio e controlar as finanças da empresa. “Nossa própria experiência mostra como criar um negócio em moda é difícil, e eu queria tornar o trajeto mais fácil”, diz Meisler, que é também presidente do Grupo Reserva.

Rony Meisler, fundador da Reserva: começo na moda exige altos investimentos

Rony Meisler, fundador da Reserva: começo na moda exige altos investimentos (Arthur Seixas/Reserva/Divulgação)

A Reserva Ink traz a experiência que a Touts já tinha na personalização de roupas. Fundada em 2015 pelos sócios Arturo Edo e Lucas Bittencourt, a startup funcionava no “modelo de impressão sob demanda”. Sua base de 5.000 designers parceiros criavam estampas próprias e as mandavam para imprimir usando o maquinário da Touts.

O modelo ajudava os designers a focar no trabalho que já sabiam fazer, sem precisar se preocupar com estoque e logística. A ideia é também usar a base já existente de designers para oferecer as estampas na nova plataforma e alavancar a base de potenciais vendedores. “Ao utilizar tecnologia para quebrar as barreiras do varejo de moda, a Reserva Ink permitirá que milhares de pessoas possam montar suas marcas e vender produtos físicos sem o investimento e o risco comuns ao processo”, diz o fundador.

Com a fusão, a marca Touts desaparece, e os fundadores ficam à frente do comando operacional da Reserva Ink. Boa parte da equipe da startup também foi mantida.

A nova empresa vai englobar ainda a ferramenta Faça.VC, lançada pela reserva no ano passado e voltada ao cliente pessoa física, permitindo que os compradores da Reserva customizem a própria camiseta — um modelo mais básico, no site, sai por 129,90 reais (mais frete). Com a integração com a Touts, o Faça.VC ganha mais opções de estampas para o cliente final da Reserva.

Arturo Edo e Lucas Bittencourt, criadores da Touts: com a venda de seu negócio, a dupla comandará a Reserva Ink

Arturo Edo e Lucas Bittencourt, criadores da Touts: com a venda de seu negócio, a dupla comandará a Reserva Ink (Reserva Ink/Divulgação)

A venda de serviços de customização de roupas não é uma grande novidade: das malharias em pequenas cidades que há décadas oferecem o modelo de impressão de estampas a grandes redes, como a Riachuelo, que instalou uma máquina de personalização de camisetas operada pelos clientes em sua loja-modelo no Shopping Morumbi. Na prática, o formato da Reserva Ink também lembra o sistema de venda direta, típico de empresas de cosméticos como a Natura. Há ainda plataformas como o “Magazine Você”, da varejista Magazine Luiza, em que clientes criam uma “lojinha” para revender produtos da loja a amigos e ganhar uma porcentagem. A lista segue.

Mas Meisler acredita que o diferencial da Reserva Ink é oferecer não só a impressão de roupas, mas o que ele acredita ser uma ferramenta completa par ao empreendedorismo na moda. O empresário afirma, por exemplo, que muitas das lojas físicas que vendem roupas do Grupo Reserva não têm marca própria e podem se interessar por criá-las usando o novo serviço.

A seu favor, a nova empresa nasce com a chancela da Reserva, que faturou faturou 400 milhões de reais em 2019 e pontos de venda em 83 lojas físicas próprias e mais de 1.400 lojas multimarcas Brasil afora. Com mais de 2 milhões de seguidores no Facebook e mais de 800.000 no Instagram, a marca Reserva viu seu símbolo, o pica-pau vermelho, tornar-se ao longo dos anos um dos ícones da moda nacional. O conglomerado também foi além da moda masculina e inclui hoje as marcas Reserva Mini, Eva, Ahlma e Oficina, com peças femininas e infantis e 2.000 funcionários. O plano da Reserva Ink é combinar todos esses aspectos que já deram certo no mercado brasileiro com um degrau a mais de personalização.

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Deseja assinar e ter acesso ilimitado?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.